Vitória da Conquista Archive

Detran vai realizar Junta Médica Especial em Vitória da Conquista

Dando prosseguimento ao atendimento de portadores de necessidades especiais no interior do Estado, os médicos da Coordenação de Saúde (CAS) do Departamento Estadual de Trânsito da Bahia (DETRAN) realizarão, nos dias 26 e 27 de abril, Junta Médica Especial no Polo de Vitória da Conquista.

A Junta Médica do interior obedecerá aos mesmos critérios da ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas) e visa atender também os candidatos de Vitória da Conquista, Brumado, Guanambi, Itapetinga e Jequié. No dia do atendimento é necessário estar em mãos com a carteira de identidade e relatórios atualizados dos médicos assistentes com a identificação da patologia (paraplegia, paraparesia, monoplegia, monoparesia, hemiplegia, triplegia, hemiparesia, amputação ou ausência de membros, nanismo, membros com deformidade congênita ou adquirida e outras patologias a critério médico). É importante lembrar que no relatório deve conter informações detalhadas da patologia.

O Detran espera com essa iniciativa criar condições favoráveis para os indivíduos que tenham interesse em adquirir ou renovar a carteira nacional de habilitação; e assim facilitar o atendimento da avaliação pericial do portador de deficiência física, evitando assim seu deslocamento para a capital, considerando que o exame de aptidão física e mental do candidato portador de deficiência será realizado por junta medica especial, conforme Resolução N° 425/12 do CONTRAN.

Com informações do Detran

Mutirão de documentação da trabalhadora rural chega a Bahia

As agricultoras familiares e trabalhadoras rurais de projetos de assentamento da reforma agrária do município de Vitória da Conquista, situado a 510 quilômetros de Salvador, capital da Bahia, podem participar, a partir desta sexta-feira (08), de mais um mutirão do Programa Nacional de Documentação da Trabalhadora Rural (PNDTR). Coordenado pelo Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA) e pelo Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), o evento prossegue até domingo (10).

Atendimento ao público prossegue até domingo (10) | Foto: Divulgação/MDA

Atendimento ao público prossegue até domingo (10) | Foto: Divulgação/MDA

Durante o atendimento, haverá emissão gratuita de Certidão de Nascimento, Carteira de Identidade (RG), Cadastro de Pessoa Física (CPF) e inscrição no Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). Apesar de destinado às mulheres do campo, o PNDTR também atende homens, jovens ou adultos. Esses documentos permitem às trabalhadoras e trabalhadores ter acesso às políticas públicas do Governo Federal, como o Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf) e o Bolsa Família.

“A Bahia é um dos estados onde a agricultura familiar tem uma participação mais expressiva, por isso as ações do MDA também são mais numerosas. Desde que o PNDTR foi criado, em 2004, até hoje, foram realizados 266 mutirões em 264 municípios. Foram atendidas 105.871 mulheres e emitidos 148.872 documentos”, informa a diretora do PNDTR/MDA, Karla Hora.

Para a coordenadora estadual do PNDTR/MDA na Bahia, Gildete Calumbi, a expectativa é de que sejam atendidas até 700 trabalhadoras rurais nos três dias de mutirão. “Boa parte delas pretende fazer a renegociação de suas dívidas. Então, o MDA sempre programa os mutirões para que ocorram perto da data da renegociação com os bancos para facilitar a vida das agricultoras familiares”, explica Gildete.

Contratos
O Banco do Nordeste do Brasil (BNB) é um dos parceiros do MDA que também estará presente no evento para renegociar dívidas em atraso, fechar contratos de financiamento e estudar a possibilidade de novos negócios, além de realizar palestras sobre políticas públicas e linhas de financiamento do Pronaf.

A exemplo do que ocorre em outros municípios, em Vitória da Conquista, terceira maior cidade do estado da Bahia, o atendimento terá início às 8h. Os mutirões do MDA também incluem palestras sobre direitos e deveres dos assegurados especiais do INSS, doenças sexualmente transmissíveis, violência contra a mulher, agricultura familiar, meio ambiente e o Programa Nacional de Agricultura Familiar (Pronaf). Estão previstas, ainda, atividades culturais e uma feira com produtos da agricultura familiar.

Com informações do Portal Brasil

Cidades baianas são destaque no Ranking do Saneamento do Instituto Trata Brasil

Salvador é a cidade do Nordeste que aparece mais bem colocada, em 34º lugar, no Ranking do Saneamento, estudo divulgado no mês de setembro pelo Instituto Trata Brasil – Organização da Sociedade Civil de Interesse Público (Oscip) voltada para a universalização da coleta e tratamento de esgoto. Entre as capitais, Salvador é a oitava do país a figurar no ranking. Na capital baiana, a Empresa Baiana de Águas e Saneamento (Embasa) realiza investimentos na ampliação do sistema de esgotamento sanitário que envolvem recursos da ordem dos R$ 804 milhões, entre 2007 e 2014, por meio do Programa Água para Todos.

Salvador é a cidade do Nordeste que aparece mais bem colocada, em 34º lugar, no Ranking do Saneamento | Foto: Divulgação/Embasa

Ainda pelo ranking do Instituto Trata Brasil, que faz o escalonamento entre os cem maiores municípios brasileiros, Salvador é destaque também quando o assunto é tratamento de esgotos. Neste quesito, a capital ocupa a 11ª posição, alcançando um índice de 79,2% dos esgotos tratados, desempenho bem superior à média nacional, que gira em torno dos 38%. A elaboração do estudo tem como base os dados do Sistema Nacional de Informações sobre Saneamento (SNIS), do Ministério das Cidades, ano 2011.

A Embasa ainda conquistou outras duas colocações importantes no Ranking do Saneamento, com Vitória da Conquista (36º lugar) e Feira de Santana (63º lugar).

“Entre as cidades do Nordeste, garantimos a primeira posição com Salvador, a segunda com Vitória da Conquista e a quarta com Feira de Santana. Como a Embasa vem desenvolvendo, atualmente, intervenções importantes nos municípios citados, nossa expectativa é conquistar, nos próximos anos, posições cada vez melhores no ranking”, destaca o presidente da Embasa, Abelardo de Oliveira Filho.

Confira as principais ações da Embasa em Vitória da Conquista, Feira de Santana e Salvador:

Salvador
A Embasa e o Governo do estado inauguraram, em 2011, o emissário da Boca do Rio, principal obra de saneamento básico dos últimos 25 anos na capital baiana. Além deste importante equipamento, estão sendo executadas obras de adensamento de ligações em bacias de esgotamento sanitário já existentes, além da construção de três novas bacias para atender a bairros densamente povoados como Águas Claras, Valéria, Castelo Branco, Cajazeiras, Sete de Abril, Jardim Esperança, Canabrava e São Marcos. Entre dezembro de 2006 e agosto de 2013, a Embasa executou mais de 106 mil ligações de água e 180 mil ligações de esgoto em Salvador.

Vitória da Conquista
Em junho, o governador Jaques Wagner e o presidente da Embasa, Abelardo de Oliveira Filho, inauguraram a primeira etapa da ampliação do sistema de esgotamento sanitário de Vitória da Conquista, que estendeu o atendimento a 29 bairros da cidade e possui uma das maiores e mais modernas estações de tratamento de esgoto (ETE) do Nordeste. A obra beneficiou 274 mil pessoas. De 2007 a 2014, a Embasa está investindo R$ 177,7 milhões na cidade.

Implantada em uma área de 196,6 mil metros quadrados e capacidade para tratar 830 litros de esgoto por segundo a ETE do sistema de esgotamento sanitário de Vitória da Conquista (foto) utiliza a tecnologia do lodo ativado, mais eficiente na eliminação da carga orgânica e dos odores. Após a desinfeção, o efluente final é lançado no rio Verruga, sem causar nenhum dano ao meio ambiente, o reusado na irrigação.

Feira de Santana
Uma das grandes frentes de trabalho da Embasa na cidade são as obras de esgotamento sanitário. Em setembro de 2012, o governador Jaques Wagner entregou a primeira etapa de obras de ampliação das bacias do Jacuípe e Subaé, iniciadas em 2008. Mais 127 mil moradores de 25 bairros de Feira de Santana passaram a ser atendidos por serviços de esgotamento sanitário. O investimento foi de R$ 130,3 milhões oriundos do PAC I e próprios da Embasa.

A segunda etapa da ampliação das bacias Jacuípe e Subaé foi iniciada em 2012, representando um investimento de R$ 54,2 milhões, vindos do PAC II /OGU, além de recursos próprios da Embasa. A obra beneficiará cerca de 78 mil habitantes.

Com informações da Embasa

Ouvidoria de Vitória de Conquista conhece estrutura da OGE

Durante a visita, a ouvidora de Vitória da Conquista conheceu a estrutura e funcionamento da Ouvidoria Geral do Estado. Leia mais

Equipe da Ouvidoria de Vitória da Conquista em reunião com o ouvidor-geral do Estado, Jones Carvalho

Equipe da Ouvidoria de Vitória da Conquista em reunião com o ouvidor-geral do Estado, Jones Carvalho

Conhecer a estrutura e o funcionamento da Ouvidoria Geral do Estado da Bahia. Este foi o objetivo da visita da Ouvidoria da Prefeitura de Vitória da Conquista, representada pela ouvidora-geral, Marília Palles, e Edinéia Lessa, servidora da ouvidoria municipal, à OGE, realizada nesta segunda-feira (12).

A Ouvidoria de Vitória da Conquista, que é conveniada à OGE e utiliza o Sistema de Ouvidoria e Gestão Pública (TAG), tem ampliado o diálogo com os cidadãos e fortalecido o serviço da ouvidoria no município. No mês de julho, a Ouvidoria Geral do Estado realizou capacitação da equipe da ouvidoria municipal para uso do TAG.

Esquerda para direta: Edinéia Lessa e Marília Palles conheceram o funcionamento da Central de Atendimento

Esquerda para direta: Edinéia Lessa e Marília Palles conheceram o funcionamento da Central de Atendimento

Ouvidoria Geral promove capacitação em Vitória da Conquista

Curso é destinado à equipe de Ouvidoria da Prefeitura e da Secretaria de Saúde  para utilização do Sistema TAG. Leia

Marília Palles, ouvidora do Município, destaca importância do curso

Marília Palles, ouvidora do Município, destaca importância do curso

A Ouvidoria Geral do Estado da Bahia realiza, até esta sexta-feira (12), capacitação da equipe de Ouvidoria da Prefeitura e da Secretaria de Saúde de Vitória da Conquista, para utilização do Sistema de Ouvidoria e Gestão Pública (TAG).

“Nós utilizamos o sistema da Ouvidoria Geral do Estado, que mudou recentemente, e por isso o órgão disponibilizou uma técnica para fazer esta capacitação”, informou a ouvidora do município, Marília Palles.

Yasin explicou ainda que o banco de dados é voltado para a realidade do município: “Nós trazemos o nosso banco de assuntos e junto com os participantes do curso adequamos à realidade local”

Yasin explicou ainda que o banco de dados é voltado para a realidade do município: “Nós trazemos o nosso banco de assuntos e junto com os participantes do curso adequamos à realidade local”

Edinéia Lessa que atua na Ouvidoria desde sua implantação
Edinéia Lessa que atua na Ouvidoria desde sua implantação

Segundo a técnica da Ouvidoria Geral do Estado, Fátima Yasin, que ministra o curso, o diferencial desta versão é a utilização da plataforma web. “É uma ferramenta de gestão que dá transparência e maior celeridade, além de permitir que as ouvidorias prestem um melhor atendimento ao cidadão”, declara.

Edinéia Lessa, servidora da Ouvidoria municipal, avalia que o curso é  muito proveitoso.  “Tínhamos um sistema antigo que vai mudar para via web e eu acredito que vai viabilizar bastante o serviço”, disse.

Com informações da Secom/PMVC | Fotos: Secom/PMVC

Qualicultura realiza curso Financiamento Cultural em Vitória da Conquista

Resultante de uma parceria entre a Secretaria de Cultura do Estado da Bahia (SeculBA) e o SEBRAE, o projeto Qualicultura retoma, dias 22 e 23 de março, suas atividades no município de Vitória da Conquista, com o Curso Financiamento Cultural. Com carga horária de 16h, as aulas serão ministradas pela consultora Rosa Villas Boas e abordarão temas como elaboração de projetos culturais, gestão cultural, financiamento cultural (acesso a mecanismos de fomento), cooperativismo e associativismo. As aulas acontecerão no Centro de Cultura Camilo de Jesus Lima, parceiro na iniciativa.

As pré-inscrições devem ser feitas pelo e-mail:  projetoqualicultura@gmail.com, informando o nome do participante, nome da instituição que representa (se for o caso), e-mail e telefone para contato. O curso tem limite de vagas: 30 pessoas por turma – e as inscrições devem ser confirmadas presencialmente, no Centro de Cultura Camilo de Jesus Lima – até meia hora antes do início do curso.

Qualicultura, ações e formações

Executado pela Superintendência de Promoção Cultural- Suprocult-DEC, com apoio logístico da Sudecult, por meio das Diretorias de Territorialização da Cultura (DTC) e dos Espaços Culturais – (DEC), o Projeto Qualicultura promove capacitações e orientações para gestores culturais, empreendedores criativos, artistas, produtores, organizações não governamentais, profissionais liberais, entidades e indivíduos que atuem nos setores criativos como: música, gastronomia, design, cultura digital, moda, publicidade, artes cênicas, artes visuais, culturas populares, artesanato, mercado editorial, arquitetura, TV e rádio, animação e jogos eletrônicos.

Serviços:

O que: Curso Financiamento Cultural

Quando: 22 2 23 de março

Onde: Centro de Cultura Camilo de Jesus Lima, Av. Rosa Cruz, Vitória da Conquista

Com informações da SECULT

Centro Integrado de Comunicação reforça segurança em Vitória da Conquista

Assunto é destaque do programa de rádio Conversa com o Governador desta terça-feira (11). Clique para ouvir a entrevista na íntegra

Outro grande investimento na segurança pública, desta vez em Vitória da Conquista, no sudoeste do estado, que vai receber um Centro Integrado de Comunicação, se destaca entre os assuntos do programa de rádio Conversa com o Governador desta terça-feira (11). A edição também traz informações sobre a captação de mais R$ 543 milhões do PAC II, a implantação de uma fábrica do segmento eólico em Simões Filho, a distribuição das riquezas geradas pelo pré-sal e a viagem que o governador fará, no próximo final de semana, ao Panamá, onde participará de uma reunião do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID).

Ouça a entrevista completa

Segundo o governador, a ideia dos centros integrados é tornar mais eficiente e rápida a ação da polícia. “Todas as cidades cobertas têm uma interligação por via de comunicação de celular, internet ou rádio. Portanto, o centro ajuda o policial que está na ponta, na operação de perseguição ou de investigação, em qualquer nova informação, ou também começando uma investigação”.

Wagner diz que está implantando o equipamento em toda a Bahia. “Vamos fazer um grande centro integrado em Salvador, para conectar todo esse sistema de uma forma só. Com isso, eu não tenho dúvida, é mais um passo do nosso trabalho, para vencer a nossa luta contra tráfico de drogas, seja de assaltante a banco ou de qualquer outro tipo de assalto, mas principalmente contra o tráfico, já que o tráfico de drogas é hoje o responsável por mais de 75% dos homicídios na capital e no interior”.

Recursos do PAC serão investidos em saneamento e pavimentação
O governador, durante o programa, informa como serão investidos os R$ 543 milhões captados do governo federal. “Serão R$ 428 milhões para saneamento e R$ 115 milhões para pavimentação de ruas e avenidas em torno do Centro Histórico/Centro Antigo de Salvador, para valorizar cada vez mais o nosso Pelourinho”. Segundo ele, estão sendo homologados mais R$ 900 milhões, também dentro do PAC, em obras destinadas à capital baiana e o interior do estado.

“Eu lembro sempre que as obras públicas, dos governos estadual, federal e dos municípios também contribuem para o crescimento do nosso PIB, e é com satisfação que a gente, mais uma vez, lembra que o PIB baiano cresceu este ano 3,1%, enquanto a média brasileira foi de apenas 0.9%. Então, mais obras de saneamento para proteger o meio ambiente. O que interessa é que isso tudo vai gerar mais emprego para a nossa gente”, diz Wagner.

Riqueza gerada pelo pré-sal deve beneficiar todo o Brasil
Sobre o pré-sal, o governador afirma que é uma riqueza dos brasileiros, não apenas dos cariocas, ou do povo do Espírito Santo, porque se encontra a até 300 quilômetros mar adentro. “No caso da Bahia, devemos receber acima de R$ 800 milhões, e, é claro, que isso reforça o caixa. O orçamento do Rio de Janeiro hoje é de R$ 75 bilhões, e o nosso orçamento é da ordem de 25 bilhões. Ora, a Bahia é muito maior em território. Portanto, tem muito mais dificuldades que o Rio”.

Segundo Wagner, a população carioca é maior do que a baiana, mas por uma diferença reduzida, de no máximo 15%. “Então, nada justifica que, chegando uma riqueza como essa do pré-sal, a gente não faça uma distribuição mais equilibrada, exatamente para ajudar inclusive municípios e estados com menor capacidade fiscal, menor capacidade de investimentos, para que eles possam melhorar a sua performance e a cada dia fazer uma vida melhor para o seu povo”.

Salvador vai sediar a reunião do Banco Interamericano de Desenvolvimento em 2014
De acordo com o governador, a reunião do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), com o qual a Bahia tem diversas parcerias, convênios, além de muitos financiamentos, e que este ano é sediada pelo Panamá, será realizada em Salvador em 2014. “Eu estou indo no encerramento dessa reunião 2013, para formalizar o convite, e isso já está acertado. Ano que vem, a reunião deste banco será aqui em Salvador”.

O governador diz que a semana também é de comemoração, pois, na sexta-feira passada, foi realizada uma vistoria, com toda a imprensa, à nossa Arena Fonte Nova. “Graças a Deus, correu tudo bem, toda imprensa ficou muito bem impressionada com a qualidade, a modernidade do campo, e eu espero que o grande primeiro BA-VI seja um sucesso para todos nós”.

O governador se despede dos baianos enfatizando que no próximo sábado completa 62 anos. “Para mim é motivo de muita alegria. É tudo que a gente tem podido fazer pelos baianos. Eu quero desejar a todos uma boa semana, de muita saúde e muita paz, e que a gente se reencontre na semana que vem em mais um Conversa com o Governador”.

O programa Conversa com o Governador é produzido pela Secretaria de Comunicação Social do Governo da Bahia (Secom), veiculado pela rádio Educadora FM 107,5 Mhz e disponibilizado na página do Conversa para as emissoras de rádio e outros segmentos de comunicação que replicam o conteúdo.

Polícia Civil reforça delegacias territoriais no dia da eleição

A Polícia Civil vai reforçar, no dia 28 de outubro, o efetivo nas Delegacias Territoriais (DTs) de Salvador, disponibilizando mais de 100 policiais, que se somarão às equipes lotadas nessas unidades. Além de acompanhar e agilizar qualquer solicitação da Justiça Eleitoral, o objetivo do incremento de pessoal é atender ao crescimento na circulação de pessoas em toda a capital no domingo de votação (28). No sábado (27), as unidades policiais trabalharão em regime normal de expediente.

Em Salvador, fatos relativos ao pleito eleitoral estarão sendo atendidos nas centrais de flagrantes localizadas na 1ª DT, nos Barris, e 5ª DT, em Periperi. Nos Barris, estarão sendo cobertas as áreas relativas à Liberdade (2ª DT), Brotas (6ª DT), Rio Vermelho (7ª DT), Barra (14ª DT) e Pituba (16ª). Para Periperi, estarão sendo encaminhadas ocorrências oriundas do Bonfim (3ª DT), São Caetano (4ª DT) e Centro Industrial de Aratu/CIA (8ª DT).

No edifício-sede da Polícia Civil, na Praça da Piedade, o Gabinete do Delegado-Geral estará trabalhando normalmente, assim como sua Assessoria Técnica. Equipes do departamento e de Polícia Metropolitana (Depom) estarão também na sede acompanhando a movimentação e prontos para atender qualquer emergência nas unidades policiais.

Com informações da SECOM

Policiamento é reforçado no segundo turno com 5.147 PMs

Neste domingo (28), a Polícia Militar da Bahia reforçará o policiamento ostensivo em Salvador e Vitória da Conquista, cidades onde haverá segundo turno das eleições municipais 2012, com o emprego de 5.147 policiais militares. O esquema especial de segurança teve início no período da campanha eleitoral, nos comícios e eventos, observando-se a legislação eleitoral.

Neste segundo turno, a PM intensificará as ações para coibir a prática de boca de urna, com o emprego direto de 50 viaturas das Companhias Independentes de Policiamento Especializado (CIPE)/ Caatinga, Litoral Norte, Polo Industrial, entre outras. Serão realizadas as escoltas das urnas eleitorais até os locais de votação e a guarda das mesmas até o início dos trabalhos eleitorais pelos presidentes das mesas receptoras.

No dia da votação, o policiamento será montado a partir das 7h, a uma distância de 100 metros de cada seção eleitoral, conforme prevê a legislação. Após o encerramento, às 17h, as urnas serão escoltadas pela PM até o local de apuração.

O Centro Integrado de Decisões Estratégicas (CIDE), localizado no Quartel do Comando Geral da PM, irá monitorar as ocorrências e coordenar as operações policiais durante o segundo turno.

Nas estradas

O Batalhão de Polícia Rodoviária (BPRv) empregará 172 policiais militares a fim reforçar o policiamento nas rodovias estaduais. A ação terá início às 8h deste sábado (27) e se estenderá até às 8h de segunda-feira (29). A intensificação do policiamento ocorrerá, principalmente, nas rodovias da Região Metropolitana de Salvador, especialmente na BA-093 (Simões Filho/Dias D’Ávila); BA-099 (Estrada do Coco/Linha Verde); BA-522 (Candeias/Entr. BR-324); BA-526 (CIA/Aeroporto); BA-528 (Estrada da Base Naval) e BA-535 (Via Parafuso).

Neste período, a fiscalização ocorrerá em pontos estratégicos com ênfase aos crimes eleitorais, a exemplo de transporte irregular de eleitores, além da fiscalização de trânsito, prevenção e atendimento a acidentes e reprimir o porte ilegal de arma de fogo e o tráfico de drogas e de pessoas.

Com informações da SECOM

Ouvidoria Geral realiza visitas técnicas em Vitória da Conquista

Equipe da Ouvidoria Geral reunida com a ouvidora da UESB, em Vitória da Conquista. Saiba mais sobre as visitas

A Ouvidoria Geral do Estado da Bahia (OGE), por meio da Coordenação de Rede de Ouvidorias Especializas (COEP), realiza ao longo desta semana visitas técnicas às ouvidorias estaduais localizadas no município de Vitória da Conquista.

Nesta terça-feira (27), a COEP esteve na unidade do SAC. Já nesta quarta (28), as ouvidorias da Universidade do Sudoeste da Bahia (UESB), da Câmara de Vereadores – que possui parceria com a Ouvidoria Geral – e a Direc 20 contarão com a visita. Por fim, na quinta-feira (29), a 20ª Dires, a ouvidoria do Hospital Geral de Vitória da Conquista e da Prefeitura serão visitadas.

De acordo com o coordenador da Rede de Ouvidorias Especializadas, José Weber, as visitas tem como objetivo acompanhar o funcionamento das ouvidorias, a resolubilidade e a qualidade da resposta, “além disso, as visitas aproximam a Ouvidoria Geral das ouvidorias da Rede, principalmente as localizadas no interior do estado”, pontua. Também acompanha as visitas o supervisor da COEP, Fábio Mendes.