saúde Archive

Investimentos melhoram qualidade e ampliam atendimento nos hospitais estaduais

Para ampliar o atendimento à população, o Governo da Bahia tem realizado diversas ações na saúde pública estadual. Leia mais

novohge

Para ampliar o atendimento à população, o Governo da Bahia tem realizado diversas ações na saúde pública estadual. Entre os investimentos se destaca a ampliação dos hospitais Geral do Estado (HGE), na Avenida Vasco da Gama, e Roberto Santos (HGRS), no Cabula – os dois em Salvador. As ações incluem também construção de cinco hospitais e valorização do profissional de saúde, entre outras.

No HGE, o atendimento será ampliado com a construção da nova unidade, que irá abrigar salas de cirurgia e 200 leitos – 50 dos quais de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e o Centro de Tratamento de Queimados. O objetivo é ampliar a capacidade e a qualidade dos serviços prestados à população. Com a intervenção vão ser criados mais leitos de internação e de UTI, além de dobrar a capacidade da unidade de queimados.

De acordo com o secretário estadual da Saúde, Washington Couto, nos últimos anos houve incremento no volume de recursos destinados ao setor. Os investimentos, segundo ele, passaram de R$ 1,6 bilhão para R$ 2,4 bilhões. “Com os investimentos foram construídos cinco hospitais em Salvador e no interior. Atualmente investimos nas reformas do Hospital [Geral] Roberto Santos e do HGE. Também estamos construindo o novo Hospital Couto Maia, que vai funcionar em Águas Claras, uma obra muito importante porque a unidade é referencia em doença infecciosa”.

robertosantos

UPA 24 Horas
Para a ampliação do Hospital Roberto Santos será entregue o prédio anexo, onde vão funcionar o novo ambulatório e toda a parte administrativa, o setor de ensino e pesquisa, e a Unidade de Pronto Atendimento (UPA 24 Horas), que faz parte do programa de descentralização dos serviços médicos, visando reduzir a ocupação nos hospitais. A unidade prestará atendimento de urgência e emergência todos os dias da semana – a permanência do paciente na UPA será pelo regime de observação e não de internação.

O Hospital Roberto Santos dispõe de 640 leitos de internação em neurocirurgia, nefrologia, traumatismo raquimedular, traumato-ortopedia, Aids, gestação de alto risco, gastroenterologia e demais clínicas básicas. A UTI funciona atualmente com 22 leitos adultos, 12 pediátricos e 25 neonatais.

Reforma da maternidade
Ainda no Hospital Roberto Santos está sendo reformado o setor de obstetrícia. As obras foram iniciadas em janeiro sem a suspensão do atendimento às gestantes. A diretora técnica da maternidade, Alcione Bastos, explica que para a realização da obra, somente a Ala A precisou ser desativada – todos os demais setores continuam funcionando.

A unidade tem 64 leitos de obstetrícia, 25 de semi-intensiva e 15 de UTI neonatal, e todos serão reformados. “Optamos por não interromper o atendimento. Estamos fazendo a reforma por etapa para continuar mantendo a assistência às mães”, ressaltou.

Valorização profissional
Além dos investimentos estruturantes, o Governo do Estado realiza ações voltadas para a valorização do profissional da Saúde. Para isso foi desenvolvido o novo Plano de Cargos, Carreiras e Vencimentos, instituído na Lei Nº 11.373 de 5 de fevereiro de 2009. O plano colabora com a modernização, estímulo à formação e à qualificação dos trabalhadores e valorização da função pública.

Com informações da Secom

Você sabe como como solicitar o seu Cartão SUS?


O que é?
É um documento projetado para facilitar o acesso à rede de atendimento do Sistema Único de Saúde (SUS) e conter dados sobre quando e onde o paciente foi atendido, quais serviços foram prestados e por qual profissional e quais procedimentos foram realizados.

Qual sua importância?
Os objetivos do Sistema Cartão Nacional de Saúde são organizar e sistematizar dados sobre o atendimento prestado aos usuários; dotar a rede de atendimento do Sistema Único de Saúde (SUS) de um instrumento que facilite a comunicação entre os diversos serviços de saúde; fornecer informações sobre uma pessoa usuária do SUS em qualquer ponto do País; e gerar dados confiáveis e atualizados que permitam planejamento e intercâmbio de conhecimento para subsidiar a elaboração e execução das políticas públicas de saúde.

Onde pedir?
É possível imprimi-lo em todos os municípios do Brasil. O ideal é que o cidadão tenha o seu Cartão Nacional de Saúde entregue no seu atendimento pelo SUS.

Quanto custa?
O cartão é fornecido gratuitamente.

Quem pode tirar?
O cadastro é feito em hospitais, clínicas e postos de saúde ou locais definidos pela secretaria municipal de saúde, mediante a apresentação de RG, CPF, certidão de nascimento ou casamento. Seu uso facilita a marcação de consultas e exames e garante o acesso a medicamentos gratuitos.

Com informações do Portal Brasil

Iperba promove 1ª edição do curso “Gestante e Companhia” de 2014

Durante o encontro, profissionais darão dicas sobre a saúde da mulher | Crédito: Elói Corrêa/GOVBA

O Iperba promove no dia 24, às 17h, no seu auditório, o encontro “Gestante e Companhia”. O evento, que acontece regularmente na maternidade, conta com a participação de obstetras, pediatras, enfermeiros, nutricionistas, assistentes sociais e psicólogos, que conversam com os participantes sobre gestação, parto, cuidados com o bebê e amamentação.

Durante a conversa, os profissionais irão focar os seguintes temas: Gravidez: uma fase sagrada; Pré-Natal: Por que fazer?; Aleitamento Materno: um ato de amor; Mulher grávida: quais os direitos já garantidos. O objetivo é que as gestantes e seus familiares esclareçam todas as suas dúvidas sobre o período gestacional e puerpério.

A gravidez é uma fase única na vida da mulher. São nove meses de expectativas, ansiedades e descobertas. As mudanças físicas, emocionais e psíquicas podem chegar acompanhadas de medos e dúvidas. É principalmente nesta fase que a mulher necessita ser envolvida por toda a família. Os profissionais de saúde do Iperba desejam fazer parte desse círculo familiar para que a gestante possa se sentir segura, obtendo toda a atenção que ela merece. A intenção é orientar a gestante e sua família para um nascer feliz.

As inscrições do “Gestante e Companhia” podem ser realizadas através do telefone: 3116-5170, de segunda a sexta-feira das 08h às 16h.

Com informações da Secretaria da Saúde

Municípios baianos recebem novas ambulâncias do Samu

O Samu 192 na Bahia já chega a 80% população, representando aproximadamente 12 milhões de pessoas atendidas | Foto: Mateus Pereira/GOVBA

O Samu 192 na Bahia já chega a 80% população, representando aproximadamente 12 milhões de pessoas atendidas | Foto: Mateus Pereira/GOVBA

Quatro ambulâncias do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu 192) foram entregues, nesta segunda-feira (7), aos representantes dos municípios de Ilhéus, Chorrochó, Morpará e Oliveira dos Brejinhos pelo secretário estadual da Saúde, Washington Couto. O evento foi realizado na Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab), no Centro Administrativo, em Salvador.

As caminhonetes do tipo 4×4 (tração nas quatro rodas) oferecem mais resistência ao atendimento na zona rural. As ambulâncias destinadas a Ilhéus e Chorrochó são para reserva técnica, e as de Oliveira dos Brejinhos e Morpará para renovação de frota.

“Os veículos são importantes porque a população da zona rural passa a ter atendimento do Samu mais rápido. O [veículo] 4X4 é preparado para estradas de terra, chega a qualquer lugar, facilitando o acesso dos moradores ao serviço de urgência e emergência”, afirmou a prefeita de Chorrochó, Rita Campos.

O Samu 192 na Bahia já chega a 80% população, representando aproximadamente 12 milhões de pessoas atendidas. De acordo com o secretário estadual da Saúde, “os veículos são capazes de atender pacientes em locais de difícil acesso”. Durante o evento foi entregue às Obras Sociais Irmã Dulce (Osid) um veículo adaptado para o transporte de cadeirantes.

Com informações da SECOM

ANS e planos de saúde buscam facilitar remoção de beneficiários durante a Copa

Acordo facilitará atendimento | Foto: Valter Campanato/ABr

Acordo facilitará atendimento | Foto: Valter Campanato/ABr

Operadoras de planos de saúde assinaram nesta quinta-feira (3) termo de compromisso pelo qual ficam à disposição da rede pública de saúde para facilitar a transferência de beneficiários para a rede credenciada, se precisarem de internação na rede pública durante os jogos da Copa do Mundo.

Caso um torcedor necessite de atendimento hospitalar durante um evento da Copa, no estádio ou nos arredores, ele será atendido ou pelo serviço da Federação Internacional de Futebol (Fifa) ou pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). Estabilizado o estado do paciente, o serviço de tendimento entrará em contato com a operadora do plano de saúde dele, por meio de um telefone criado para saber qual a rede credenciada para ele deverá ser encaminhado. O telefone ficará ativo entre os dias 12 de junho e 13 de julho.

“As experiências internacionais não preveem um grande esforço de atendimento nesses grandes eventos. Os números apontam para remoção de 0,2% a 0,5 % das pessoas que são alvo de atenção médica. Isso significa, em um evento de 100 mil pessoas, de 4 a 8 pessoas”, explicou o diretor-presidente da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), André Longo.

O termo foi assinado entre ANS e 32 operadoras de planos de saúde. De acordo com Longo, as principais operadoras do país assinaram o compromisso, que pretende liberar os leitos do Sistema Único de Saúde (SUS) para pacientes não atendidos por planos. Entre os compromissos firmados, está a garantia de atendimento na rede hospitalar credenciada para aqueles beneficiários que estão sendo atendidos temporariamente pela rede pública.

A operadora terá que informar à ANS, até o dia 26 de maio, a rede de referência de hospitais de urgência e emergência para que a Central de Regulação Pública use as informações, quando necessário.

Outra medida anunciada hoje pela ANS foi a consolidação de regras de remoção de beneficiários de planos de saúde. A partir de amanhã (4), resolução normativa torna obrigatório que a operadora arque com os custos da remoção de pacientes em diversas situações, como, por exemplo, quando eles estiverem no serviço público, ou em hospitais que não aceitam seu plano de saúde, sempre com recomendação médica. Em todos os casos, o paciente beneficiário do plano de saúde deve ter cumprido a carência e ele ou a família devem concordar com a remoção.

“Esse já é o entendimento da agência do que deve ser coberto pelas operadoras. Achamos que estava faltando essa informação para os beneficiários, para que eles possam exigir seus direitos nos casos em que ele precisa de remoção”, disse Longo.

Com informações da Agência Brasil

Senhor do Bonfim recebe Caravana Planserv

A Caravana Planserv estará em Senhor do Bonfim nesta quinta-feira (27), levando informação e treinamento a prestadores de saúde deste e de outros municípios da região Norte (Juazeiro, Sento Sé, Casa Nova, Remanso, Jeremoabo, Campo Formoso, Pilão Arcado, entre outros), além de prestar atendimento a beneficiários da assistência. As atividades concentram-se no Colégio Modelo Luís Eduardo Magalhães (Rua Jardim Aeroporto, s/n, Santos Dumont), das 8h30 às 12 horas e das 13h30 às 18 horas.

Esta é a segunda Caravana realizada pelo Planserv com o objetivo de estimular o interesse dos prestadores pelo credenciamento e, consequentemente, ampliar a oferta de serviços para os beneficiários nas cidades em que a rede credenciada é deficitária. A primeira foi em dezembro do ano passado, no município de Alagoinhas.

A equipe de colaboradores do Planserv atenderá prestadores (do município e da região), orientando-os sobre a documentação necessária para o credenciamento, o prazo para o envio, a relação dos editais existentes, o nome das especialidades que necessitam de prestadores, dentre outras questões.

Outra atividade voltada para prestadores são os treinamentos sobre Glosa e Captador Online, ambas em salas reservadas e em horário já informado a todos aqueles que confirmaram presença, após a convocação do Planserv.

Durante o dia de trabalho, haverá também atendimento a beneficiários. A equipe, composta por servidores das coordenações de Beneficiários, Prestadores e Credenciamento, estará a postos para esclarecer dúvidas, prestar informações e oferecer serviços, como a inclusão e exclusão de beneficiários e a impressão do cartão definitivo do beneficiário (titular e dependentes).

“Esperamos ampliar a adesão de prestadores em Senhor do Bonfim e nas cidades vizinhas, sobretudo nas especialidades em que a nossa rede é deficitária”, afirma Robério Prates, coordenador de Relacionamento com Prestadores do Planserv. Conforme ele, apesar da ampliação de 66% em todo o Estado, nos últimos seis anos, a rede credenciada do interior ainda necessita ser aprimorada.

“O objetivo é que o nosso beneficiário não se desloque para a capital em busca de atendimento médico”, enfatiza a coordenadora-geral da assistência, Sônia Carvalho. Outras quatro caravanas estão previstas para este ano. A próxima deverá ser realizada no mês de maio, no município de Barreiras.

Com informações do Planserv

Governo anuncia implantação do teste rápido da tuberculose

O Ministério da Saúde anuncia nesta segunda-feira (24), Dia Mundial de Luta contra a Tuberculose, a estratégia de implantação do teste rápido para diagnóstico da doença na rede pública e os novos números registrados no país. Será às 10h no auditório do ministério. Também será apresentada campanha publicitária de combate e prevenção à tuberculose.

O Ministério da Saúde vai disponibilizar, gratuitamente, na rede pública, o teste rápido para diagnóstico, com capacidade de detectar a presença do bacilo de Kock, causador da doença, em apenas duas horas. O Gene Xpert, como é chamado o teste, também identifica se a pessoa tem resistência ao antibiótico rifampicina, usado no tratamento.

Em 2012, o Brasil registrou 70.047 novos casos de tuberculose. A taxa de incidência da doença no mesmo período foi 36,1 para cada 100 mil habitantes. O Brasil ocupa atualmente o 17º lugar em um ranking de 22 nações consideradas “de alta carga” – onde há grande circulação da doença. No país, a tuberculose representa a 4ª causa de morte por doenças infecciosas e a primeira causa de morte por doença identificada entre pessoas com HIV.

Com informações da Agência Brasil

Sesab registra redução de 30,8% nos atendimentos na rede estadual

O Hospital Geral do Estado (HGE) contabilizou o maior número de atendimentos, com 103 registros. Confira o balanço completo

No mesmo período do ano passado, foram 217 atendimentos, o que representa uma redução de 30,8% | Foto: Carla Ornelas/GOVBA

No mesmo período do ano passado, foram 217 atendimentos, o que representa uma redução de 30,8% | Foto: Carla Ornelas/GOVBA

A Secretaria da Saúde do Estado (Sesab) registrou durante o Carnaval, de sexta-feira (28) até quarta-feira de cinzas (5), 150 atendimentos relacionados com a folia. No mesmo período do ano passado, foram 217 atendimentos, o que representa uma redução de 30,8%. O Hospital Geral do Estado (HGE) contabilizou o maior número de atendimentos, com 103 registros, seguido do Hospital Ernesto Simões Filho, com 21, e Unidade de Emergência do Curuzu, com 12 atendimentos cada.

Como registrados nos dias anteriores, os casos de agressão física foram responsáveis pelo maior número de atendimentos com 83 casos, seguidos de queda (26), intoxicação (10), arma de fogo (8) e arma branca (8).

As duas ocorrências de maior gravidade aconteceram na madrugada de sábado, uma nas proximidades dos Aflitos, quando um folião foi atingido por arma de fogo e foi a óbito pouco depois de dar entrada no HGE e a outra no circuito Barra-Ondina, quando uma turista alagoana, 50 anos, sofreu uma parada cárdio-respiratória, sendo socorrida por profissionais de saúde ainda no local, mas não resistiu e foi óbito no circuito.

Histórico
O histórico das ocorrências relacionadas ao Carnaval demonstra a cada ano uma expressiva redução. Para se ter idéia, de 2007 até o fechamento das estatísticas em 2014, a redução do número de atendimentos relacionados ao período da folia apresenta uma queda de 58,7%. Este percentual foi obtido pela comparação dos 363 atendimentos, registrados em 2007, confrontados com as 150 ocorrências verificadas em 2014. A série histórica do número de ocorrências foi a seguinte: 2007 (363 casos), 2008 (328 casos), 2009 (200 casos), 2010 (244 casos), 2011(235 casos), 2012 (204 casos), 2013 (217 casos), 2014 (150 casos).

Hemoba
Desde a última sexta-feira, a Hemoba atendeu a total de 314 candidatos à doação. Ao todo, foram consideradas aptas 242 e coletadas 235 bolsas. Nesta quarta-feira (5), a unidade funciona das 12h30 até as 18h30.

Fique Sabendo
Nos três postos do “Fique Sabendo”, onde são disponibilizados testes para detecção de HIV/Aids, e também de sífilis e hepatite B e C, foram realizados, entre sábado e terça, 4280 testes, com 1070 pessoas atendidas. Nesses dias de atendimento, foram realizados 1070 testes de HIV, sífilis, hepatite B e hepatite C. Do total dos exames realizados, 24 apresentaram resultado para HIV positivos, sendo 19 homens e 5 mulheres; 68 positivos para sífilis, 33 homens e 35 mulheres; 5 casos positivos para hepatite B, todos do sexo masculino e 8 de hepatite C, 3 deles no sexo feminino e 5 masculino.

Esquema especial
A Sesab atuou em regime especial de plantão, com a inclusão de mais 1500 postos de trabalho nas unidades públicas da rede. Este ano, foram investidos R$ 2 milhões em ações de prevenção e assistência à saúde dos foliões. Para atender a demanda, foram criados plantões extras para profissionais de saúde, que atuam nos hospitais e unidades de emergência (Geral do Estado, Roberto Santos, Ernesto Simões Filho, Eládio Lassèrre e Menandro de Faria, além das unidades de emergência Mãe Hilda (Curuzu), São Caetano, Cajazeiras VIII e Pirajá e na UPA 24hs de Escada.

Cevesp e LACEN
A Coordenação de Vigilância das Emergências em Saúde Pública (Cevesp) atuou em regime de plantão durante o período de folia em parceria com o Laboratório Central do Estado (Lacen). Foram notificados diversos agravos e as amostras biológicas foram coletadas e analisadas para confirmação ou descarte de doenças como sarampo, coqueluche e leptospirose, meningite, dengue, rubéola e H1N1. O Lacen também realizou a análise de 184 amostras de água potável. Das amostras coletadas, 146 apresentaram condições satisfatórias para consumo, 38 condições insatisfatórias.

Com informações da Sesab

Secretaria da Saúde terá esquema especial de atendimento no Carnaval

Para atender à demanda, serão criados plantões extras para profissionais de saúde, que atuarão nos hospitais e unidades de emergência

População terá atendimento durante a folia| Foto: Ascom/Sesab

População terá atendimento durante a folia| Foto: Ascom/Sesab

A Secretaria da Saúde do Estado (Sesab) desenvolverá um esquema especial para os dias de Carnaval – entre esta quinta-feira (27) até a manhã do dia 5 de março (quarta-feira de Cinzas) -, buscando garantir o atendimento necessário aos foliões. Este ano, o órgão está investindo R$ 2 milhões nas ações de prevenção e assistência à saúde dos foliões.

Para atender à demanda, serão criados plantões extras para profissionais de saúde, que atuarão nos hospitais e unidades de emergência (Geral do Estado, Roberto Santos, Ernesto Simões Filho, Eládio Lasserre e Menandro de Faria, além das unidades de emergência Mãe Hilda (Curuzu), São Caetano, Cajazeiras VIII e Pirajá) e na UPA 24h de Escada.

Durante o Carnaval, a Diretoria de Vigilância Epidemiológica (Divep) atuará em regime de plantão, entre esta sexta-feira (28) ao dia 5 de março. A coordenação da Divep, este ano, ficará em sua sede, no Centro de Atenção Social (CAS), no Iguatemi. O Laboratório Central do Estado (Lacen), na Avenida Waldemar Falcão, em Brotas, atuará em retaguarda.

De acordo com a superintendente de Vigilância e Proteção à Saúde (Suvisa), Alcina Andrade, o trabalho pretende identificar situações e fatores de risco, além de garantir ações de vigilância e controle de agravos importantes para a saúde pública.

A Divep apoiará as diretorias regionais de Saúde (Dires), mantendo contato diário com os hospitais e, caso necessário, desencadeará ações para investigação e detecção de surtos. A Coordenação Estadual de Vigilância das Emergências em Saúde Pública (Cevesp) atuará em regime de plantão de 24 horas, atendendo pelo telefone 9994.1088.

Folião também pode doar sangue na festa
A fim de garantir o estoque de sangue necessário para o atendimento a eventuais demandas durante o Carnaval, a Fundação de Hematologia e Hemoterapia da Bahia (Hemoba) funcionará em regime de plantão, atendendo a eventuais solicitações das unidades públicas de saúde.

O horário de funcionamento será quinta-feira, das 7h30 às 17h, sexta (28), das 7 às 19h; sábado (1), das 7 às 13h; segunda (2), das 7 às 13h; terça (3), das 7 às 13h; quarta (4), das 13 às 19h. No domingo, estará fechada. A unidade atende pelos telefones 0800 071 0900 e (71) 3116-5600/5664.

Doação de órgãos
O Sistema Estadual de Transplantes realizará campanha educativa com o objetivo de incentivar os foliões para a doação de órgãos. Nos dias da folia, serão colocados oito balões em pontos estratégicos do circuito (Elevador Lacerda, Barra, Corredor da Vitória, Ondina e Avenida Sete). Outra ação também está sendo viabilizada com a colocação de material informativo nos postos municipais de saúde, localizados no circuito.

Casos de intoxicação vão ser atendidos normalmente no Ciave
Durante o carnaval, os foliões contam ainda com o trabalho do Centro de Informações Antiveneno (Ciave), localizado no térreo do Hospital Geral Roberto Santos (HGRS). A unidade manterá o funcionamento normal na festa, realizando atendimento presencial aos pacientes intoxicados, especialmente por abuso de drogas, como álcool, cocaína, maconha, ecstasy, medicamentos, associações de drogas e bebidas de composição tóxica, como o chamado ‘príncipe maluco’.

Além disso, disponibiliza orientação toxicológica a profissionais de hospitais públicos e privados, medidas preventivas e primeiros socorros em casos de intoxicações. O Ciave disponibiliza plantão médico toxicológico 24 horas e atende pelo número 3387.4343.

Prevenção a Aids
A Sesab, através da Superintendência de Vigilância e Proteção da Saúde (Suvisa)/Programa Estadual de DST/Aids, estará apoiando a iniciativa da Secretaria Municipal de Saúde de Salvador, que desenvolverá uma campanha de incentivo à prevenção e ao diagnóstico precoce do HIV/Aids, disponibilizando o teste rápido para detecção do HIV: a campanha ‘Fique Sabendo’.

Imprensa
Para atendimento à imprensa, a Assessoria de Comunicação da Sesab vai manter um esquema de plantão durante todos os dias de Carnaval, atendendo pelos telefones (71) 3115.4207 e 3115.4341, de 8 às 18h. Ao final do dia, a Ascom divulga o balanço dos atendimentos prestados pelas diversas unidades de assistência.

O Sistema de Ocorrências Médicas para o Carnaval 2014, realizado pela Diretoria de Modernização Administrativa (DMA), disponibilizará, em tempo real, o número de atendimentos efetuados nas unidades de saúde envolvidas no atendimento aos foliões.

Os dados poderão ser acessados na internet, por qualquer pessoa. As informações do Banco de Dados estarão disponíveis a partir desta quinta (27), às 18h, até a manhã da Quarta-feira de Cinzas (4).

Com informações da Secom

Governador deseja Carnaval de paz, alegria, geração de empregos e hospitalidade dos baianos

O governo do Estado participa com várias ações, em um total de R$ 60 milhões de investimento. Ouça a entrevista na íntegra

Os investimentos realizados pelo governo do Estado para garantir, mais uma vez, o sucesso do Carnaval de Salvador asseguram “uma festa de paz, alegria e geração de muitos empregos”. Este é o desejo do governador Jaques Wagner que aposta na “hospitalidade dos baianos para o brilho e harmonia na maior festa popular a céu aberto do mundo”.

Em seu programa de rádio semanal Conversa com o Governador ele fala sobre as ações do governo do Estado durante a festa, sobre a agenda de viagens ao interior esta semana, que começou com a assinatura da ordem de serviço para a recuperação da BR-235 na região norte da Bahia, e também sobre o Programa Trilha das Mulheres.

Ele inicia o programa explicando que o Trilha das Mulheres, lançado nesta segunda-feira (24) à tarde, em Salvador, integra o calendário de atividades do projeto ‘Março Mulher’ e é voltado para mulheres com idade entre 16 e 29 anos. Vai atender jovens em situação de desemprego involuntário, que estejam matriculadas na rede pública de ensino, frequentando regularmente o ensino médio ou cursos de educação de jovens e adultos (EJA Médio), ou que tenham concluído o ensino médio.

“O dia 8 de março é a data dedicada as mulheres do mundo inteiro, e essa ação especificamente vai beneficiar 510 jovens em 11 municípios baianos, com investimento total entre o governo federal e o governo estadual de R$ 1,5 milhão. O objetivo é exatamente promover a inclusão social e a inserção no mundo do trabalho dessas jovens mulheres por meio de cursos profissionalizantes e formação em Direitos Humanos e Cidadania. Então, é mais uma ação do governo estadual com o governo federal para buscar incluir e preparar para o mundo do trabalho”.

Durante o programa, o governador fala de sua alegria ao visitar a região norte da Bahia, nesta segunda-feira (24) pela manhã, e sobre sua agenda no interior do Estado ao longo desta semana, numa série de viagens para a entrega de obras e serviços.

“Comecei a semana sentindo a alegria do povo de Juazeiro, de Uauá, de toda a região norte do Estado. Finalmente, aquilo que parecia um sonho distante começou a se transformar em realidade”.

Nessa segunda-feira pela manhã, ao lado do ministro César Borges, o governador assinou a ordem de serviço para a recuperação do trecho da BR-235, que cruza o norte do Estado – Jeremoabo, Canché, Juazeiro, Uauá e segue para encontrar a fronteira dos Estados de Pernambuco e de Piauí.

“Para mim, foi de muita alegria. Muita gente feliz, muita gente contente. Com essa estrada é claro que melhora a vida do jovem que vai estudar em uma outra cidade, daquele que precisa de um atendimento médico em outra cidade, para escoar a produção. Então, é uma integração de todo o norte do Estado. Essa foi uma ordem de serviço da maior relevância, são R$ 400 milhões em investimento e um prazo de conclusão previsto para dois anos”, afirmou.

Jaques Wagner informa que viaja novamente ao interior do Estado nesta terça-feira (25) pela manhã. “Estou indo a Santo Antônio de Jesus para inaugurar a unidade produtiva do Grupo Natulab. Na área de produção de medicamento, é o maior aqui da Bahia e um dos grandes do Brasil, e é um projeto de expansão que conta com o apoio do governo do Estado, tem investimento estimado em aproximadamente R$ 56 milhões, e o grupo emprega atualmente 900 colaboradores”, explica. “É um grande grupo que emprega muita gente em Santo Antônio de Jesus e, para nós, é um prazer participar dessa ampliação”.

Habitação
O governador adianta que, na sequência de sua agenda, na próxima quinta-feira (27) estará em Araci, região nordeste do Estado, para inaugurar o Residencial Sol Nascente, com mais 300 unidades habitacionais construídas pelo programa Minha Casa, Minha Vida e investimento de R$ 14 milhões. “Também quero conversar com o povo de Araci sobre as questões do acesso a água, sobre os vários projetos que nós temos naquela região”.

Na mesma quinta-feira (27) Jaques Wagner irá também a Feira de Santana, para inaugurar a segunda etapa do Residencial Laranjeiras, “São mais 220 unidades habitacionais, um investimento de R$ 9 milhões e, sem dúvida nenhuma, mais uma etapa desse trabalho extremamente poderoso que a presidenta Dilma e nós temos feito para dar dignidade e uma condição de vida melhor para cada uma das pessoas na Bahia e no Brasil. Vamos inaugurar também o Residencial Vida Nova Aviário II, com mais 340 unidades habitacionais, em um investimento de R$ 19,5 milhões. Portanto, ao todo, nós já vamos completando 130 mil unidades entregues, e eu espero que até o final desse ano, a gente possa entregar muito mais, dando dignidade e cidadania à nossa gente”.

Carnaval
Finalizando o programa de rádio desta semana, o governador fala sobre os investimentos realizados pelo governo do Estado para garantir a segurança e a tranquilidade de baianos e turistas durante o Carnaval 2014.

“Chegamos a semana do Carnaval, a maior festa popular a céu aberto do mundo. O governo do Estado participa com várias ações, em um total de R$ 60 milhões de investimento. E o investimento mais poderoso é o investimento na área de segurança. Mas temos investimento também na área de saúde, de cultura, apoiando os blocos afros e vários trios que a gente cede para aquelas atrações que ainda estão se desenvolvendo. Na área do turismo, da assistência social… Ou seja, nós participamos diretamente para que Salvador possa brilhar e a minha mensagem, evidentemente, é que sejam muito bem vindos os turistas brasileiros e estrangeiros que chegam na nossa capital, mas o nosso pedido é sempre o mesmo: venham brincar, venham se divertir, ou seja, que a festa possa transcorrer como nós queremos – uma festa de paz, de alegria, de muita geração de emprego, de muita hospitalidade dos baianos, e que a gente possa terminar o Carnaval realmente contando o brilho da festa. A segurança pública está toda planejada e eu espero que, mais uma vez, o Carnaval possa transcorrer em um nível de paz como nós queremos”.

O programa Conversa com o Governador é produzido pela Secretaria de Comunicação Social do Estado da Bahia (Secom), veiculado toda terça-feira às 7h30 pela Rádio Educadora FM 107,5 MHz, e reproduzido por vários veículos de comunicação, além de ficar disponível na página www.comunicacao.ba.gov.br/conversa e pelo telefone 0800-071-7328.