Salvador Archive

Crimes contra a vida reduzem 14,5% em Salvador

A primeira quinzena de março apresentou uma redução de 14,5% nos Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLI) – homicídio, latrocínio e lesão corporal seguida de morte -, na capital, comparando com o mesmo período do ano passado. Na Região Metropolitana de Salvador, a queda atingiu 2,6%, no mesmo comparativo.

Os números foram apresentados durante reunião do Comitê Executivo do Programa Pacto pela Vida, nesta quinta-feira (27), na sede do Ministério Público Estadual, no Centro Administrativo da Bahia (CAB).

No acumulado do ano (janeiro até primeira quinzena de março), também comparando com o mesmo período de 2013, em Salvador, a redução foi de 15,1% nos CVLI. Já na RMS, o índice avançou 6,4%, no mesmo comparativo.

Com informações da Secom

Copa do Mundo deve gerar 380 mil empregos temporários

pronatec

A Copa do Mundo deve gerar 380 mil empregos temporários no País em 2014, de acordo com um estudo realizado pela Value Partners Brasil, uma empresa de consultoria de gestão, a pedido do Ministério do Esporte. As novas vagas serão oferecidas especialmente por bares e restaurantes, em cargos como recepcionista, atendente e garçom.

Esta é uma das razões que tem levado o Ministério do Turismo a investir em qualificação profissional. O objetivo é incentivar o bom atendimento ao turista por meio do Pronatec Turismo, um programa de qualificação profissional que prepara os trabalhadores do setor em 54 atividades turísticas. O programa tem 125 mil pessoas matriculadas e 36 mil vagas abertas nas cidades-sede da Copa para cursos de garçom, auxiliar de cozinha, agente de informação turística, entre outros. Os cursos são oferecidos pelo Senac, Senai, Sesc e Sesi, institutos federais e estaduais de educação.

“O trabalhador que está diretamente em contato com o turista é nosso principal cartão de visitas. Ao investir em mão-de-obra, contribuímos também com a formação do indivíduo e com o desenvolvimento do setor”, diz Vinicius Lages, ministro do Turismo.

Há cerca de mil vagas para interessados em trabalhar nos quatro jogos da Copa que acontecem em Manaus. As vagas são para vendedor, atendente, caixa e recepcionista, todas para profissionais que comprovem fluência em língua inglesa. A remuneração diária varia entre R$ 120 a R$ 170. O trabalhador também recebe vale transporte e vale alimentação, de acordo com a Secretaria de Estado do Trabalho e o Sistema Nacional de Empregos (Sine).

Os Centros de Atendimento ao Turista devem gerar 50 novas vagas em Fortaleza, de acordo com a Secretaria de Turismo do Estado do Ceará; 20 novos postos em Brasília, segundo a Secretaria de Turismo do Distrito Federal; e mais 30 vagas para bacharéis ou técnicos de cursos de Turismo em São Paulo, de acordo com a empresa de turismo e eventos da cidade de São Paulo, a SPTuris.

Com informações do Ministério do Turismo

Governo do Estado libera mais de 1,3 bi para obras em Salvador

As grandes obras que estão sendo realizadas pelo governo do Estado em Salvador para melhorar a mobilidade urbana, com a construção de viadutos e novos corredores de tráfego, são um presente para a capital baiana e seus moradores. Na próxima semana, Salvador comemora 465 anos e em seu programa de rádio semanal ‘Conversa com o Governador’, Jaques Wagner fala sobre a importância dessas obras.

Ouça na íntegra

“Em primeiro lugar eu quero deixar desde já meus parabéns a todos os soteropolitanos por mais um aniversário de nossa querida capital e informar que vamos assinar ordem de serviço para dois corredores transversais fundamentais que vão ligar a Suburbana e a BR-324 até a Orla Atlântica, com um prazo de três anos de execução. O primeiro vai ter 13 quilômetros e vai ligar a Orla até a Avenida Suburbana, no trecho Lobato, passando pelo Alto do Cabrito, pela Capelinha e Pirajá, fazendo a interligação da Pinto de Aguiar com a Gal Costa”.

O governador explica que “para se ter uma ideia da dimensão dessa obra, alguém poderá sair da Suburbana, na altura do Lobato, e chegar em Patamares, através da Pinto de Aguiar, na Orla de Salvador. Então, é uma obra importantíssima, a Pinto de Aguiar já está bem avançada e eu vou assinar esse outro trecho”.

Avenida 29 de Março
O segundo trecho, “que vai ter 12 quilômetros, vai ligar a BR-324, que é a chamada Avenida 29 de Março. Ela vai passar pela Orlando Gomes, o Vale do Rio Jaguaribe e a Via Regional. Será mais uma ligação, uma interligação entre a BR-324 e a Paralela e, logo depois, até a Orla”.

Jaques Wagner acredita que essa intervenção do governo do Estado “sem dúvida vai desafogar todo o trecho do Iguatemi, porque as pessoas não dependerão mais de passar por ali e pela Rodoviária para atingir a Avenida Paralela”.

Sobre os valores que estão sendo investidos o governador informou que “essas duas vias montam R$ 1,3 bilhão de investimentos e serão integradas ao metrô – cada uma vai ter seis pistas, três em um sentido e três no outro, duas delas para BRT ou VLT, que é transporte mais rápidos e que vai se interligar com o metrô. Não tenho dúvida de que essas obras vão facilitar muito o tráfego em Salvador”, afirma.

Na conversa com os ouvintes o governador lembra que “temos também outras obras de mobilidade, o próprio metrô, que roda agora dias 11, 12 de junho em seu primeiro trecho – sai da Lapa até o Retiro e, depois do Retiro, logo em seguida vamos completá-lo até Pirajá, previsto já para janeiro de 2015 e, finalmente, a conclusão de toda a Linha 2 para abril de 2017”.

Complexo Viário Imbuí-Narandiba
“Além disso”, acrescenta Jaques Wagner, “todo o povo de Salvador está vendo aí a obra do governo do Estado na construção do Complexo Viário Imbuí-Narandiba, com dois grandes viadutos, 60% da obra já está executada. Eu espero entregá-la em julho próximo, além da Avenida Pinto de Aguiar, que a gente está fazendo também toda a duplicação, com seis pistas, sendo duas para transporte exclusivo coletivo e BRT. Cinquenta por cento da obra já está pronta e devemos entregar em junho de 2014”.

O governador cita também outra obra importante para a mobilidade, que é a chamada Estrada do Curralinho e a alça de ligação da BR-324 com a Avenida Luís Eduardo Magalhães, que também deve ser entregue até junho deste ano. “Isso vai facilitar muito, pois quem vier pela Avenida Luís Eduardo Magalhães não precisa mais descer na Paralela, fazer todo aquele retorno para chegar no Stiep. Ao contrário, por essa Estrada do Curralinho a pessoa vem, passa por cima da Paralela, e já vai sair no Stiep”.

Maior presente
Finalizando o programa de rádio o governador avalia que “são obras extremamente importantes, e quando todas elas estiverem concluídas – algumas já vão ser entregues agora – o conjunto delas mais o metrô, eu não tenho dúvida que o governo do Estado estará dando o maior dos presentes a Salvador, que é exatamente a melhoria do tráfego, para que as pessoas gastem menos tempo no seu percurso de casa para o trabalho e do trabalho para casa”, concluiu.

O programa ‘Conversa com o Governador’ é produzido pela Secretaria de Comunicação Social do Estado da Bahia (Secom), veiculado toda terça-feira às 7h30 pela Rádio Educadora FM 107,5 MHz e reproduzido por vários veículos de comunicação, além de ficar disponível na página www.secom.ba.gov.br e pelo telefone 0800-071-7328.

OPCEB celebra três anos de atendimento no Subúrbio

Ouvidoria Popular Comunitária Evangélica do Brasil (OPCEB) tem sido um importante instrumento para a população do Subúrbio Ferroviário de Salvador

opceb1

Criada em 2011, a Ouvidoria Popular Comunitária Evangélica do Brasil (OPCEB) tem sido um importante instrumento para a população do Subúrbio Ferroviário de Salvador, pois atua na mediação de conflitos e encaminhamento de demandas dos cidadãos aos órgãos públicos. Para celebrar o terceiro aniversário da OPCEB, moradores da região, lideranças comunitárias e representantes governamentais participaram da solenidade, realizada no auditório do Centro Cultural da Câmara de Vereadores, nesta sexta-feira (14).

O ouvidor da OPCEB, Marcos Reis, pontuou que a atuação integrada com os órgãos estaduais e municipais tem auxiliado a encontrar alternativas para os problemas dos moradores do Subúrbio. Em sua fala, Reis pontuou ainda que a Ouvidoria Geral do Estado tem sido uma grande parceria da OPCEB, pois “encaminhamos manifestações e encontramos respostas e orientações para as nossas demandas”, explica.

O ouvidor-geral do Estado da Bahia, Jones Carvalho, avalia como positivo o trabalho desenvolvido pela OPCEB, pois tornou-se um espaço de acolhimento ao cidadão no Subúrbio. “As ações desenvolvidas pela Ouvidoria é uma verdadeira lição de cidadania”, comenta. De acordo com o ouvidor-geral do Estado, a parceria com a OPCEB potencializou o diálogo com os cidadãos da região, pois “a sociedade passou a ter um canal de contato a mais com o Governo do Estado”, explica.

Carnaval do Pelô reúne 900 mil pessoas e 950 artistas

Carnaval do Pelô agitou os foliões |Foto: Sidney Rocharte/SecultBA

Carnaval do Pelô agitou os foliões |Foto: Sidney Rocharte/SecultBA

Cerca de 950 artistas brilharam no Carnaval do Pelourinho, integrando o ‘Carnaval da Cultura 2014’, entre cantores, músicos de cordas, sopro, percussão, performers, dançarinos e atores. Foram 73 atrações que ocuparam as 12 ruas, três largos onde tinham palcos de média dimensão (Pedro Archanjo, Tereza Batista e Quincas Berro d’Água) e, a Praça José de Alencar, mais conhecida como Largo do Pelô, onde foi armado o palco principal, para os cinco dias de folia.

Para que toda a programação acontecesse sem nenhum problema foi montada equipe de 200 profissionais que trabalharam na produção das atrações dos palcos e ruas, na infraestrutura e limpeza, fiscalização e logística dessa festa que, somente no Pelourinho, viu cerca de 900 mil pessoas passarem nos cinco dias de carnaval.

No palco principal do Pelourinho brilharam estrelas como Carlinhos Brown, Mariene de Castro, Jussara Silveira, Lucas Santtana e Márcia Castro. Bandas e grupos que lotaram a praça, como a BaianaSystem, a Orquestra de Pandeiros, exímios instrumentistas como Rowney Scott, Cacau do Pandeiro, Júlio Caldas, Marcos Suzano, a cantora americana Princess La Tremenda, os cantores-compositores Gerônimo e Dão, além de dezenas de outras conceituadas atrações.

“Carnaval é para as pessoas se divertirem. Com a qualidade artística que existe no Carnaval do Pelourinho, estamos atraindo públicos diferentes atendendo a diversidade cultural. Falo não só da diversidade de gêneros musicais nas atrações, mas da diversidade de faixas etárias, origens dos turistas e visitantes”, comentou o secretário da Cultura, Albino Rubim

Segurança
Segundo a Delegacia de Proteção ao Turista (Deltur), não houve necessidade de nenhuma prisão em flagrante, de apreensão de arma de fogo, de mandado de prisão ou inquérito policial, fazendo com que, o Pelourinho seja considerado, mais uma vez, o circuito mais seguro do Carnaval de Salvador. Todas as principais ruas do Pelô contam com câmeras fixas que filmam todo o movimento durante a festa.

Clique aqui e confira fotos da festa

Com informações da Secult

Sesab registra redução de 30,8% nos atendimentos na rede estadual

O Hospital Geral do Estado (HGE) contabilizou o maior número de atendimentos, com 103 registros. Confira o balanço completo

No mesmo período do ano passado, foram 217 atendimentos, o que representa uma redução de 30,8% | Foto: Carla Ornelas/GOVBA

No mesmo período do ano passado, foram 217 atendimentos, o que representa uma redução de 30,8% | Foto: Carla Ornelas/GOVBA

A Secretaria da Saúde do Estado (Sesab) registrou durante o Carnaval, de sexta-feira (28) até quarta-feira de cinzas (5), 150 atendimentos relacionados com a folia. No mesmo período do ano passado, foram 217 atendimentos, o que representa uma redução de 30,8%. O Hospital Geral do Estado (HGE) contabilizou o maior número de atendimentos, com 103 registros, seguido do Hospital Ernesto Simões Filho, com 21, e Unidade de Emergência do Curuzu, com 12 atendimentos cada.

Como registrados nos dias anteriores, os casos de agressão física foram responsáveis pelo maior número de atendimentos com 83 casos, seguidos de queda (26), intoxicação (10), arma de fogo (8) e arma branca (8).

As duas ocorrências de maior gravidade aconteceram na madrugada de sábado, uma nas proximidades dos Aflitos, quando um folião foi atingido por arma de fogo e foi a óbito pouco depois de dar entrada no HGE e a outra no circuito Barra-Ondina, quando uma turista alagoana, 50 anos, sofreu uma parada cárdio-respiratória, sendo socorrida por profissionais de saúde ainda no local, mas não resistiu e foi óbito no circuito.

Histórico
O histórico das ocorrências relacionadas ao Carnaval demonstra a cada ano uma expressiva redução. Para se ter idéia, de 2007 até o fechamento das estatísticas em 2014, a redução do número de atendimentos relacionados ao período da folia apresenta uma queda de 58,7%. Este percentual foi obtido pela comparação dos 363 atendimentos, registrados em 2007, confrontados com as 150 ocorrências verificadas em 2014. A série histórica do número de ocorrências foi a seguinte: 2007 (363 casos), 2008 (328 casos), 2009 (200 casos), 2010 (244 casos), 2011(235 casos), 2012 (204 casos), 2013 (217 casos), 2014 (150 casos).

Hemoba
Desde a última sexta-feira, a Hemoba atendeu a total de 314 candidatos à doação. Ao todo, foram consideradas aptas 242 e coletadas 235 bolsas. Nesta quarta-feira (5), a unidade funciona das 12h30 até as 18h30.

Fique Sabendo
Nos três postos do “Fique Sabendo”, onde são disponibilizados testes para detecção de HIV/Aids, e também de sífilis e hepatite B e C, foram realizados, entre sábado e terça, 4280 testes, com 1070 pessoas atendidas. Nesses dias de atendimento, foram realizados 1070 testes de HIV, sífilis, hepatite B e hepatite C. Do total dos exames realizados, 24 apresentaram resultado para HIV positivos, sendo 19 homens e 5 mulheres; 68 positivos para sífilis, 33 homens e 35 mulheres; 5 casos positivos para hepatite B, todos do sexo masculino e 8 de hepatite C, 3 deles no sexo feminino e 5 masculino.

Esquema especial
A Sesab atuou em regime especial de plantão, com a inclusão de mais 1500 postos de trabalho nas unidades públicas da rede. Este ano, foram investidos R$ 2 milhões em ações de prevenção e assistência à saúde dos foliões. Para atender a demanda, foram criados plantões extras para profissionais de saúde, que atuam nos hospitais e unidades de emergência (Geral do Estado, Roberto Santos, Ernesto Simões Filho, Eládio Lassèrre e Menandro de Faria, além das unidades de emergência Mãe Hilda (Curuzu), São Caetano, Cajazeiras VIII e Pirajá e na UPA 24hs de Escada.

Cevesp e LACEN
A Coordenação de Vigilância das Emergências em Saúde Pública (Cevesp) atuou em regime de plantão durante o período de folia em parceria com o Laboratório Central do Estado (Lacen). Foram notificados diversos agravos e as amostras biológicas foram coletadas e analisadas para confirmação ou descarte de doenças como sarampo, coqueluche e leptospirose, meningite, dengue, rubéola e H1N1. O Lacen também realizou a análise de 184 amostras de água potável. Das amostras coletadas, 146 apresentaram condições satisfatórias para consumo, 38 condições insatisfatórias.

Com informações da Sesab

Guias e Monitores fizeram 160 mil atendimentos até terça-feira

Espalhados em 62 pontos da cidade (entre porto, aeroporto, rodoviária, hotéis, ferry-boat e locais estratégicos nos circuitos), mais de 300 profissionais – guias e monitores – prestaram 160 mil atendimento, até terça-feira (4), aos turistas em até oito idiomas: português, inglês, espanhol, alemão, mandarim, russo, francês e italiano, além da linguagem Libras.

guia

Do total de atendimentos, 46% dos turistas são oriundos do interior baiano; 41% vêm de outros estados; e 13% são turistas estrangeiros. Os estados de São Paulo, Minas Gerais, Rio de Janeiro e o Distrito Federal representaram 27,7% dos turistas brasileiros atendidos. Entre os estrangeiros, destaque para os argentinos, norte-americanos, espanhóis, israelenses, franceses, chilenos, italianos e alemães.

Para o secretário Pedro Galvão, a operação é o principal teste do receptivo turístico para a Copa do Mundo e para os festejos de São João, que ocorrerão em junho. “Esse será o diferencial da Bahia em relação às outras sedes do Mundial de Futebol da Fifa”, garante.

Baiana filha de chineses, Lao Shao Lin, atuou no projeto pela primeira vez em 2014 e realizou alguns atendimentos em mandarim. “Eles ficaram bastante a vontade, pois muitos ainda não falam o inglês; e serem recebidos no idioma nativo é considerado uma bênção por eles”, afirmou.

Disque Bahia Turismo registrou mil ligações
O call Center de informações turísticas do Estado (Disque Bahia Turismo 71 3103-3103) recebeu mil ligações neste Carnaval. A maioria dos telefonemas era de solicitações sobre a programação e horários dos desfiles de blocos e abertura de camarotes.

Folia movimenta R$ 1 bilhão na capital
Visitantes brasileiros, estrangeiros e baianos de outras cidades deixaram R$ 1 bilhão em Salvador, durante o Carnaval. Até esta quarta-feira de cinzas (5), 550 mil turistas passarão pela cidade, segundo estimativa da Secretaria do Turismo do Estado. Somente no aeroporto passaram 400 mil pessoas durante os seis dias de folia. Já os cruzeiros marítimos trouxeram 15 mil visitantes no período.

Ocupação hoteleira
Com uma taxa de 91%, a ocupação hoteleira nos circuitos do carnaval na capital baiana foi maior, em números percentuais, que a medida no Rio de Janeiro (87%). A maior média alcançada em Salvador foi a do bairro de Ondina, no Circuito Dodô, com 99% dos leitos ocupados. No Pelourinho, onde o Carnaval é considerado menos comercial, a taxa é de 80%.

Com informações da Setur

Ouvidoria Geral do Estado já realizou 587 atendimentos no Carnaval

Até a Quarta-feira de Cinzas (dia 5), a Ouvidoria Geral do Estado mantém esquema especial para atender os cidadãos. Leia mais

carnavalbahia

Até a Quarta-feira de Cinzas, a Ouvidoria Geral do Estado da Bahia mantém esquema especial para atender os cidadãos durante o Carnaval. Nos quatro dias de folia momesca já foram prestados 587 atendimentos.

Na Central de Atendimento da Ouvidoria, que funciona das 9h às 21h, é possível registrar reclamações, denúncias, sugestões, elogios ou solicitar informações sobre os serviços públicos estaduais. Para falar com a Ouvidoria basta ligar, gratuitamente, para o 0800-284-0011 ou 162. Outra opção é acessar o site da OGE (www.ouvidoriageral.ba.gov.br).

Balanço
Dos 587 atendimentos prestados, 69% foram pedidos de informações turísticas e 20% elogios ao esquema de segurança montado pelo Governo do Estado. O telefone foi o meio de contato mais utilizado, com 64%, seguido de atendimento presencial (20%) e internet (7%).

Atendimento presencial
Em parceria com o SAC Móvel, a Ouvidoria Geral funcionará na Avenida Adhemar de Barros, desta quinta (27) a 5 de março, das 16h às 4h e na Rua Direta da Piedade, Politeama, ao lado do Instituto Feminino da Bahia, com o atendimento a ser realizado nesta quinta-feira (27), das 20h às 2h, e nesta sexta (28) até o dia 5 de março das 14h às 2h.

Na Estação Rodoviária de Salvador, a Ouvidoria da Agerba prestará atendimento das 8h às 18h e pelo 0800-071-0080, das 7h às 19h. Outro ponto de atendimento será na Ouvidoria do Detran, que funcionará em Ondina, próximo às esculturas da Avenida Ademar de Barros, em esquema de plantão 24 horas durante o Carnaval.

Em coletiva de imprensa, governador avalia registros no Carnaval

Dados reforçam que Carnaval está mais tranquilo | Foto: Tatiana Azeviche Setur

Dados reforçam que Carnaval está mais tranquilo | Foto: Tatiana Azeviche/Setur

Os números do Carnaval da Bahia nas áreas de segurança, turismo, e saúde foram apresentados na manhã deste domingo (2) em coletiva de imprensa do governador Jaques Wagner com a participação dos secretários da Casa Civil, Rui Costa, de Segurança Pública, Maurício Barbosa, do Turismo, Pedro Galvão, de Saúde, Washington Couto, e de Comunicação Social, Robinson Almeida.

Wagner destacou a redução dos casos de violência e aumento da produtividade policial. “Estamos com uma redução substantiva da criminalidade e o balanço até agora é positivo na área de saúde. Ainda temos até quarta-feira, mas o Carnaval está sendo uma grande festa mais uma vez”.

Segundo o secretário Maurício Barbosa, os três primeiros dias de festa apresentaram uma maior tranquilidade em relação ao ano passado. “Todos os dados comprovam a redução de ocorrências, isso significa que o Carnaval está mais tranquilo”.

Na saúde foi registrada queda no número de atendimentos nos três circuitos, 27% no circuito Dodô (Barra-Ondina), 23% no Osmar (Campo Grande) e 15% no circuito Batatinha (Pelourinho). Os casos de agressão física registrados nos postos de saúde reduziram 34 %.

Turismo
De acordo com a Secretaria de Turismo do Estado, a ocupação dos hotéis nos circuitos da folia é de 80%. A previsão é que a capital baiana receba 550 mil visitantes durante a festa e 400 mil passem pelo Aeroporto Internacional de Salvador até a quarta-feira de cinzas. “Por meio de serviços como o Guias e Monitores e o Disque Bahia Turismo, mais de 35 mil atendimentos a estrangeiros já foram realizados”, revela o secretário Pedro Galvão.

A coletiva foi realizada na Sala de Imprensa do Governo do Estado, que funciona no Hotel Sheraton da Bahia, no circuito Osmar (Campo Grande). Disponibilizado pelas secretarias estaduais do Turismo e de Comunicação Social, o espaço oferece a profissionais de imprensa do Brasil e de outros países estrutura para a produção e envio de conteúdo durante a cobertura do Carnaval de Salvador.

Depois da coletiva, o governador seguiu para o camarote oficial, onde assiste ao desfile do circuito Osmar (Campo Grande).

Com informações da Secom

Hemoba precisa de doadores de sangue também durante a folia

A Hemoba funcionará durante todos os dias de Carnaval, exceto no domingo | Foto: Raul Golinelli/GOVBA

A Hemoba funcionará durante todos os dias de Carnaval, exceto no domingo | Foto: Raul Golinelli/GOVBA

A fim de garantir o estoque de sangue necessário para o atendimento durante o Carnaval 2014 a Fundação de Hematologia e Hemoterapia da Bahia (Hemoba) também está funcionando em regime de plantão. Para muita gente, como o porteiro Renato Serra Ramos, 32 anos, realizar uma boa ação não tem hora e nem dia. Por isso, ele acordou cedo neste sábado (1) para doar sangue e ajudar a salvar vidas.

“Me sinto bem quando venho à Hemoba doar sangue. É um gesto que todos deveriam ter porque salva vidas. Hoje, doou sangue e segunda-feira curto o Carnaval”, afirmou o pedreiro que há 15 anos faz a doação.

A mesma motivação levou ao Hemoba o estudante e operador de marketing Iago Nailan Santos, 20 anos. Ele é doador há dois anos e o gesto solidário é seguido por toda família. “Meu pai era doador e desde que eu era criança ele me ensinava a importância da doação de sangue. Não me importo em perder um dia de Carnaval, o importante é ajudar quem necessita”, disse.

De acordo com a assistente social do Hemoba Lindaci Soares a demanda por sangue aumenta significativamente durante o período do Carnaval. Para ser aceito pela Fundação de Hematologia e Hemoterapia da Baahia os doadores precisam atender a algumas condições como estar bem alimentado; não fazer ingestão de alimentos gordurosos e não ter ingerido bebida alcoólica nas últimas 12 horas.

A Hemoba funcionará durante todos os dias de Carnaval, exceto no domingo. Na segunda-feira (3), das 7 às 13h; terça-feira (4), das 7 às 13h; e Quarta-feira de Cinzas (5), das 13 às 19h.

Com informações da Secom