SAEB Archive

Rede de Ouvidorias da Saeb realiza 15 mil atendimentos em 2013

O secretário da Administração em exercício, Edelvino Góes, ressalta a importância da Ouvidoria para a gestão pública. Confira o balanço

As ouvidorias dos órgãos ligados à Secretaria da Administração (Saeb) – Planserv, SAC, Prodeb e Detran – e o atendimento da própria secretaria somam 15 mil atendimentos no ano de 2013. Em todo o Estado, é possível registrar demandas no Portal do Servidor  e no site da Ouvidoria Geral do Estado – OGE.

O secretário da Administração em exercício, Edelvino Góes, ressalta a importância deste trabalho. “Valorizamos e muito o atendimento da Ouvidoria, assim como o encaminhamento dessas demandas. O gestor tem que se valer desta ferramenta para aperfeiçoar o funcionamento da administração pública”, afirma.

O destaque de 2013 foi a Ouvidora do Planserv, que acolheu 5,8 mil registros, desde procedimentos operacionais, como a solicitação de informações sobre carência, descontos, exames e coberturas, como procedimentos mais simples, como o auxílio no acesso ao site. A ouvidoria do plano investiu na ampliação e no acesso aos canais de comunicação com o beneficiário, assim como em reforço em seu atendimento e da central telefônica da assistência (0800 56 6066).

O atendimento pode ser feito pelo call center, onde o usuário encaminha manifestações referentes aos serviços prestados pelas unidades da rede referenciada ou pelo próprio Planserv. Estas demandas são direcionadas para a ouvidoria do plano, desde que o usuário informe que deseja realizar o registro no departamento. Outra opção é encaminhar um e-mail com a solicitação para ouvidoria.planserv1@planserv.ba.gov.br ou pelo próprio site da assistência (www.planserv.ba.gov.br), na seção “Fale Conosco”.

Ainda por meio do call center é possível esclarecer dúvidas sobre atendimento, como onde encontrar prestadores de determinadas especialidades, solicitar informações para inclusão e exclusão de beneficiários, período de carências, entre outras, e ainda informar-se sobre direitos e deveres.

Para o mesmo período de 2013, a Ouvidoria da Saeb realizou 1,4 mil atendimentos. O número superou o balanço do ano anterior, quando 971 atendimentos foram efetuados. Os assuntos mais abordados foram a tramitação de processos, dificuldades ligadas a questões financeiras, como acesso a contracheque e empréstimos consignados, além de solicitação de informações que concernem à convocação de concursos.

Para falar com a Ouvidoria da Saeb, basta acessar a seção “Fale Conosco” no site da secretaria (www.saeb.ba.gov.br), entrar em contato pelo telefone (71) 3115-3226 ou se apresentar na sede do órgão, situado no 1º andar da secretaria, sala 109, no Centro Administrativo da Bahia (CAB), de segunda à sexta, das 8h às 12h e das 14h às 18h.

SAC e Detran
Em 2013, a Ouvidoria do SAC realizou 3,3 mil atendimentos ao cidadão. As demandas mais recorrentes foram reclamações (55%), já encaminhadas para os devidos órgãos, e elogios (23,8%). As manifestações podem ser realizadas através dos portais do SAC (www.sac.ba.gov.br) e da OGE, ou ainda pelo telefone (71) 3115-3364.

Ainda no ano passado, a Ouvidoria do Detran contabilizou 4,2 mil atendimentos. O número apresenta um aumento de 7,45% em relação ao ano anterior. Entre reclamações, solicitação de informações, denúncias, elogios e sugestões, as demandas apresentadas já foram encaminhadas. O setor ressalta, ainda, que o mecanismo serve para mapear o que pode ser melhorado, aprimorando o funcionamento do departamento. O atendimento da Ouvidoria do Detran é realizado pelos telefones (71) 3116-2430/2335/ 2324, pelo e-mail ouvidoria.detran1@detran.ba.gov.br ou pelo portal da Ouvidoria Geral.

As ouvidorias da Saeb integram a Ouvidoria Geral do Estado (OGE) e atendem requerimentos de servidores do estado, cidadãos anônimos, público externo e pessoa jurídica. Entre 2007 e 2013, a OGE contabilizou mais de 500 mil atendimentos, dos quais 97,93% já foram finalizados. O órgão tem dez anos de atuação no Estado.

Com informações da Saeb

Previdência Estadual prorroga recadastramento de inativos dos poderes legislativo e judiciário

Os 338 servidores inativos oriundos do Tribunal de Justiça (TJ/BA), Ministério Público, Defensoria Pública, Assembleia Legislativa, Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) e Tribunal de Contas do Estado (TCE), que ainda não se recadastraram junto à Previdência Estadual, têm até o dia 10 de outubro para regularizar sua situação. Do total convocado, cerca de 3,7 mil, 91% já realizaram o procedimento junto à unidade, que é vinculada à Secretaria da Administração (Saeb).

O recadastramento pode ser feito junto ao setor de recursos humanos do Poder de origem ou ainda em uma das 43 unidades de Atendimento Previdenciário (Ceprev), lotadas nos postos SAC, Pontos Cidadão e SAC Servidor, no bairro da Boca do Rio, ou ainda na sede da Previdência Estadual, em Brotas. Para efetivar o recadastramento, os inativos devem estar munidos dos seguintes documentos originais: carteira de identidade, CPF e comprovante de endereço, como contas de água, luz ou telefone.

Desde o ano passado o recadastramento também é realizado com hora marcada. O agendamento pode ser feito para a sede da Previdência Estadual, no Brotascenter (3116-5437/5440), e também nos Postos SAC do Shopping Paralela, Salvador Shopping, SAC Feira Centro II e Passeio Norte, em Lauro de Freitas (0800 071 5353/4020 5353).

Caso o aposentado esteja acometido de doença grave, impossibilitado de se locomover ou ausente do domicílio, o recadastramento poderá ser realizado através de procuração por instrumento público, ou mediante formulário de representação disponibilizado pela Previdência Estadual. Já os casos de falecimento deverão ser imediatamente comunicados pelos familiares do ex-servidor, mediante a apresentação da respectiva certidão de óbito em quaisquer das unidades Ceprev.

A ação de recadastramento visa, além de atualizar os dados dos inativos, coibir fraudes e pagamentos irregulares. Desde 2007, o Estado já suspendeu 3.610 benefícios pagos de forma irregular, gerando uma economia de R$ 113 milhões aos cofres públicos.

Os que não atenderem à convocação podem ter os benefícios suspensos, conforme estabelece a Lei Estadual nº 11.357 de janeiro de 2009.
Mais informações, como os endereços da Previdência Estadual em Salvador, das unidades do Ceprev e dos Pontos Cidadão, além da lista de documentos estão disponíveis no Portal do Servidor. O recadastramento é coordenado pela Saeb.

Com informações da Saeb

Recadastramento de aposentados da Educação nesta sexta (2)

Termina na próxima sexta-feira (2) a prorrogação de prazo para os 1,5 mil aposentados da Secretaria da Educação (SEC) que perderam o prazo de recadastramento anual, regularizarem sua situação junto à Previdência Estadual.  O prazo regulamentar para o recadastramento foi prorrogado por trinta dias conforme portaria publicada no Diário Oficial do dia 5 de julho.
Os nomes dos aposentados que ainda não regularizaram seu cadastro podem ser consultados no Portal do Servidor. Ao todo, a Previdência Estadual convocou 51 mil inativos da SEC para a atualização de dados cadastrais. O recadastramento é coordenado pela Secretaria da Administração (Saeb).
Quem ainda não realizou o procedimento deve comparecer a uma das 42 unidades do Centro de Atendimento Previdenciário (Ceprev), lotadas nos postos SAC e Pontos Cidadão, ou ainda na sede da Previdência Estadual, no bairro de Brotas. Os aposentados também foram convocados pela Suprev por meio de mensagens de celular (SMS), mecanismo recentemente adotado pela Previdência Estadual para facilitar a comunicação com os seus beneficiários. Para efetivar o recadastramento, os aposentados devem estar munidos dos seguintes documentos originais: carteira de identidade, CPF e comprovante de endereço, como contas de água, luz ou telefone.
Caso o aposentado esteja acometido de doença grave, impossibilitado de se locomover ou ausente do domicílio, o recadastramento poderá ser realizado através de procuração por instrumento público ou mediante formulário próprio, disponibilizado pela Suprev, juntamente com um atestado médico, para os dois primeiros casos, e um atestado de vida, para a última situação, declaração que pode ser concedida por uma autoridade pública, como médico ou delegado, confirmando que aquele servidor está vivo e reside no município informado.
Já os casos de falecimento deverão ser imediatamente comunicados pelos familiares do ex-servidor, mediante a apresentação da respectiva certidão de óbito em quaisquer das unidades Ceprev.
Agendamento 
Desde o ano passado o recadastramento também é realizado com hora marcada. O agendamento pode ser feito para atendimento na sede da Previdência Estadual, no Brotascenter (3116-5437 / 3116-5440), e também nos Postos SAC do Shopping Paralela, Salvador Shopping, SAC Feira Centro II e Passeio Norte, em Lauro de Freitas (0800 071 5353 / 4020-5353).
A ação de recadastramento visa, além de atualizar os dados dos inativos, coibir fraudes e pagamentos irregulares. Desde 2007, o Estado já suspendeu 3.524 benefícios pagos de forma irregular, gerando uma economia de R$ 107,4 milhões aos cofres públicos. Mais informações, como os endereços da Previdência Estadual na capital e no interior, além da lista de documentos exigidos e dos órgãos convocados, estão disponíveis no Portal do Servidor.
Com informações da SAEB

Recadastramento de aposentados da Educação é prorrogado por trinta dias

Os 2,4 mil aposentados oriundos da Secretaria da Educação (SEC) que perderam o prazo para o recadastramento anual têm mais trinta dias para regularizar sua situação junto à Previdência Estadual (Suprev). O novo período tem validade a partir da publicação de portaria da Suprev no Diário Oficial desta sexta-feira (5). O prazo regulamentar para o recadastramento se encerrou no dia 29 de junho.

Os nomes dos aposentados que ainda não regularizaram seu cadastro podem ser consultados no Portal do Servidor (www.portaldoservidor.ba.gov.br). Aqueles que não regularizarem sua situação, terão o benefício suspenso. Ao todo, a Suprev convocou 51 mil inativos da SEC para a atualização de dados cadastrais. O recadastramento é coordenado pela Secretaria da Administração (Saeb).

Quem ainda não realizou o procedimento deve comparecer a uma das 42 unidades do Centro de Atendimento Previdenciário (Ceprev), lotadas nos postos SAC e Pontos Cidadão, ou ainda na sede da Previdência Estadual, no bairro de Brotas. Para efetivar o recadastramento, os aposentados devem estar munidos dos seguintes documentos originais: carteira de identidade, CPF e comprovante de endereço, como contas de água, luz ou telefone.

Caso o aposentado esteja acometido de doença grave, impossibilitado de se locomover ou ausente do domicílio, o recadastramento poderá ser realizado através de procuração por instrumento público ou mediante formulário de procuração, disponibilizado gratuitamente pela Suprev, juntamente com um atestado médico, para os dois primeiros casos, e um atestado de vida, para a última situação, declaração que pode ser concedida por uma autoridade pública, como médico ou delegado, confirmando que aquele servidor está vivo e reside no município informado.

Já os casos de falecimento deverão ser imediatamente comunicados pelos familiares do ex-servidor, mediante a apresentação da respectiva certidão de óbito em quaisquer das unidades Ceprev.

Agendamento – Desde o ano passado o recadastramento também é realizado com hora marcada. O agendamento pode ser feito para atendimento na sede da Previdência Estadual, no Brotascenter (3116-5437 / 3116-5440), e também nos Postos SAC do Shopping Paralela, Salvador Shopping, SAC Feira Centro II e Passeio Norte, em Lauro de Freitas (0800 071 5353 / 4020-5353).

A ação de recadastramento visa, além de atualizar os dados dos inativos, coibir fraudes e pagamentos irregulares. Desde 2007, o Estado já suspendeu 3.524 benefícios pagos de forma irregular, gerando uma economia de R$ 107,4 milhões aos cofres públicos.

Mais informações, como os endereços da Previdência Estadual na capital e no interior, além da lista de documentos exigidos e dos órgãos convocados, estão disponíveis no Portal do Servidor (www.portaldoservidor.ba.gov.br).

Com informações da SAEB

Prazo para recadastramento de aposentados da Educação termina dia 29 de junho

Termina no dia 29 de junho o período de recadastramento dos servidores aposentados oriundos da Secretaria da Educação (SEC). Ao todo, 51 mil inativos estão sendo convocados a regularizar seus dados cadastrais junto à Previdência Estadual, órgão ligado à Secretaria da Administração do Estado (Saeb). Os aposentados devem comparecer a uma das 42 unidades do Centro de Atendimento Previdenciário (Ceprev), lotadas nos postos SAC e Pontos Cidadão, ou ainda na sede da Previdência Estadual, no bairro de Brotas.

O recadastramento dos inativos da Educação no interior conta ainda com o reforço de uma unidade itinerante da Previdência Estadual. A medida irá facilitar o acesso dos aposentados convocados para o recadastramento que residem em cidades ainda não contempladas com uma unidade do SAC. A unidade itinerante atenderá as cidades de Caetité e Itapetinga no período de 10 a 14 de junho. Ao todo, onze municípios foram beneficiados pelo roteiro, com postos de atendimento montados na sede da Diretoria Regional de Educação (Direc) de cada cidade.

Esta é a terceira etapa do recadastramento anual da Previdência Estadual. Para efetivar o recadastramento, os aposentados devem estar munidos dos seguintes documentos originais: carteira de identidade, CPF e comprovante de endereço, como contas de água, luz ou telefone.

Caso o aposentado esteja acometido de doença grave, impossibilitado de se locomover ou ausente do domicílio, o recadastramento poderá ser realizado através de procuração por instrumento público ou mediante formulário de procuração, este disponibilizado pela Previdência Estadual. Já os casos de falecimento deverão ser imediatamente comunicados pelos familiares do ex-servidor, mediante a apresentação da respectiva certidão de óbito em quaisquer das unidades Ceprev.

Agendamento
Desde o ano passado o recadastramento também é realizado com hora marcada. O agendamento pode ser feito para atendimento na sede da Previdência Estadual, no Brotascenter (3116-5437 / 3116-5440), e também nos Postos SAC do Shopping Paralela, Salvador Shopping, SAC Feira Centro II e Passeio Norte, em Lauro de Freitas (0800 071 5353 / 4020-5353).

A ação de recadastramento visa, além de atualizar os dados dos inativos, coibir fraudes e pagamentos irregulares. Desde 2007, o Estado já suspendeu 3.341 benefícios pagos de forma irregular, gerando uma economia de R$ 81,4 milhões aos cofres públicos.Mais informações, como os endereços da Previdência Estadual na capital e no interior, além da lista de documentos exigidos e dos órgãos convocados, estão disponíveis no Portal do Servidor. O recadastramento é coordenado pela Saeb.

Com informações da SAEB

OGE visita ouvidorias da SETRE, SAEB e SAC

Em continuidade ao acompanhamento técnico, da Ouvidoria Geral à Rede de Ouvidorias Especializadas, as ouvidorias da SETRE, SAEB e SAC foram visitadas nesta terça-feira (9).

Equipe da OGE reunida com a Ouvidoria da SETRE.

Equipe da OGE reunida com os ouvidores da SETRE.

Em cada encontro, a atuação da ouvidoria, ações estratégicas e propostas de melhoria do atendimento ao cidadão são debatidas.  “Com essas visitas fortalecemos a relação das Ouvidorias Especializadas com a Ouvidoria Geral”, explica o coordenador da Rede de Ouvidorias Especializadas e Projetos, José Weber.

Atualmente, a Rede de Ouvidoria Especializadas é composta 157 ouvidorias, presentes em secretarias, autarquias, empresas de economia mista e demais órgãos públicos.

Saeb disponibiliza cartilha para orientar servidor a comprar pela Internet

A Coordenação de Tecnologia Aplicada à Gestão Pública (CTG) da Secretaria da Administração (Saeb) disponibiliza para o servidor cartilha sobre as melhores práticas no comércio eletrônico. A iniciativa decorre da proximidade do Natal e do apelo às compras.

cartilha_2

O objetivo da cartilha é alertar os servidores não apenas na execução de suas tarefas profissionais, mas também nas suas atividades pessoais, a exemplo das compras de final do ano.

A cartilha é elaborada pelo Centro de Estudos, Resposta e Tratamento de Incidentes de Segurança no Brasil, mantido pelo Comitê Gestor da Internet no Brasil (Cert.Br). A SAEB/CTG exerce o papel de Escritório de Segurança da Informação.

Clique para fazer o download

Com informações do Portal do Servidor

 

Visitação aos lotes do quarto leilão do Estado começa nesta segunda (3)

A partir desta segunda-feira (3) terá início a visitação aos lotes do quarto leilão de bens móveis estaduais, que será realizado pela Secretaria da Administração do Estado da Bahia (Saeb) no dia 10 de dezembro, a partir das 9h30, no Almoxarifado Central do Estado, localizado no Rua Carlos Brandão, bairro da Mata Escura, em Salvador.

A visitação prossegue até a próxima sexta-feira (7), das 9h às 17h, na sede do 1º Batalhão da Polícia Militar e na Residência do Departamento de Infraestrutura de Transportes da Bahia (Derba), ambos situados na BR-116 Norte, região de Feira de Santana.

Ao todo, estão expostos 154 lotes, entre automóveis, sucata de veículos, móveis e maquinário. Os lotes mais baratos são o que reúnem sucata de veículos, com lance inicial de R$ 580, e o mais caro é um trator de esteiras, modelo D50, avaliado em R$ 10,2 mil. A relação completa dos lotes está disponível no Comprasnet.

Os leilões do Estado integram as ações do Programa de Qualidade do Gasto Público-Compromisso Bahia, que tem como objetivo combater o desperdício na máquina pública. Os valores economizados são investidos no reaparelhamento da estrutura administrativa. A receita obtida com a venda dos bens irá para a conta única do Tesouro Estadual.

De acordo com o artigo 7º do Decreto número 9.461, de 20 de junho de 2005, cabe à Saeb alienar os bens desativados do Estado, embora unidades da administração indireta também possam realizar leilões. Os bens são considerados inservíveis quando o custo de manutenção é mais caro para o Estado do que investir na compra de um novo bem.

Com informações da SECOM

Apoio da Ouvidoria da SAEB melhora atendimento Previdenciário

A dificuldade de atender todos os telefonemas de aposentados e pensionistas era um dos problemas enfrentados pela Superintendência de Previdência da Secretaria da Administração (Saeb), a Suprev. O setor nem sempre conseguia dar conta das 3.9 mil ligações recebidas mensalmente. E a Ouvidoria da Saeb recebia reclamações em grande volume. Mas o quadro mudou.

“A partir dos monitoramentos da Ouvidoria, alteramos a metodologia, contratamos mais quatro pessoas e distribuímos melhor as linhas telefônicas. Melhoramos o tempo e a qualidade dos serviços”, afirma Silvia Roberta Machado, coordenadora de atendimento da Previdência. As mudanças de procedimento também possibilitaram mais eficácia para recepcionar as cerca de quatro mil pessoas que, em média, todo mês buscam informações e outras demandas junto à unidade.

Cassiana Mascarenhas, ouvidora da Saeb, avalia que a reorganização dos procedimentos na Suprev decorre do entendimento de que as ações da Ouvidoria se constituem, também, em ferramentas de gestão. “As queixas vindas da Suprev, no que diz respeito à dificuldade de conseguir atendimento telefônico, praticamente zeraram.”, afirma Mascarenhas, cujo setor recebeu, de janeiro a julho deste ano, 645 manifestações de diversas origens, com 90% de resolução dos casos.

Conforme a ouvidora, o setor que dirige atua desde 2003, quando passou a funcionar subordinada à Assessoria de Comunicação da Saeb e, a partir de 2007, assumiu funções de auxiliar como ferramenta de gestão, “uma orientação que recebemos do Gabinete”, relembra Cassiana Mascarenhas. Atualmente, além da coordenadora, a Ouvidoria da Saeb conta com mais dois servidores, Carlos Lopes e Bárbara Sampaio, e uma estagiária, Patrícia Souza, estudante de Relações Públicas.

Formas de acesso - A Ouvidoria da Saeb pode ser acessada por intermédio de quatro canais: Internet, que tem a preferência de 89,2% das pessoas; telefone, que é a opção de 8,6% dos demandantes; presencial, com 2,2%; e fax. Entre os assuntos mais citados, estão: processos de aposentadoria, restituição do Funprev, empréstimos consignados, entre outros. As manifestações, por sua vez, são enquadradas nas seguintes tipologias: reclamações, denúncias, elogios, sugestões, solicitações e informações.

Já em relação às origens das manifestações, o maior volume advém de servidores do Estado, com 52,7%; seguido por cidadãos anônimos, com 15,1%; público externo, 29%; e pessoa jurídica, 3,2%. “No entanto, há situações que modificam esse quadro. Quando ocorrem concursos públicos a participação de pessoas de fora do Estado aumenta significativamente”, explica Cassiana Mascarenhas.

Serviço:

- Pela Internet o cidadão pode acessar os seguintes sites:  www.saeb.ba.gov.brwww.ouvidoriageral.ba.gov.br e www.portaldoservidor.ba.gov.br.

- Pelo telefone: (71) 3115-3226

- Presencial: Prédio da Secretaria da Administração do Estado – SAEB -, 1ª andar, sala 109. De segunda a sexta-feira, das 8h às 12H e das 14 às 18h.

-  Fax: (71) 3115-3156

Com informações do Gestão em Debate