revisão Archive

Secretaria da Educação disponibiliza conteúdos para reforçar preparação para o Enem

Na página Revisão Enem, o estudante pode encontrar jogos, videoaulas e sites temáticos com os principais assuntos abordados em sala de aula pelos docentes.

O Enem permite ao aluno ter acesso a universidades públicas federais e estaduais, por meio do Sisu | Foto: Ascom/Sec

O Enem permite ao aluno ter acesso a universidades públicas federais e estaduais, por meio do Sisu | Foto: Ascom/Sec

Ajudar na preparação dos estudantes da rede estadual para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), que, em 2013, acontece nos dias 26 e 27 de outubro. Este é o principal objetivo da Secretaria da Educação do Estado da Bahia com a disponibilização para os alunos de uma série de conteúdos multimídia, que complementam as aprendizagens da escola. Na página Revisão Enem, o estudante pode encontrar jogos, videoaulas e sites temáticos com os principais assuntos abordados em sala de aula pelos docentes.

>> Clique aqui para acessar a página Revisão Enem

Além disso, em parceria com o Geekie Games, os alunos têm a chance de participar de um simulado que vai avaliar os seus conhecimentos para o Enem. Para fazer parte do simulado, é necessário realizar a inscrição até o dia 31 de agosto na página Revisão Enem. A ferramenta também se constitui como uma plataforma de aprendizado que possibilita que todos os estudantes se preparem para o Enem por meio de elementos inovadores de diagnóstico e estudo personalizado.

A coordenadora de Educação Básica da Secretaria da Educação do Estado, Maria José Xavier, ressalta a importância do empenho dos estudantes para a realização do Enem. “Com a prova, os alunos têm a possibilidade de continuar os seus estudos, passando para a etapa da educação superior. O Enem é um grande diferencial neste sentido, até mesmo porque muitas universidades não aplicam mais vestibulares. Além disso, os estudantes têm muitas outras vantagens, como a chance de tentar bolsas por meio do ProUni”, disse.

Vantagens
Além de ser a porta de entrada dos estudantes para universidades públicas, o Enem permite ao aluno ter acesso a universidades públicas federais e estaduais, por meio do Sisu, concessão de bolsas de estudo com oportunidade de intercâmbio em universidades estrangeiras, por intermédio do Programa Ciência sem Fronteira, participação em cursos técnicos gratuitos do SisuTec/Pronatec, além da certificação do ensino médio para maiores de 18 anos que não tenham concluído o ensino médio.

No site do Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira), o estudante pode conferir o seu local de prova, além de outras informações importantes. Para a consulta, basta informar o seu CPF e a senha. No dia 26 de outubro, os estudantes realizam prova de Ciências Humanas e suas Tecnologias e Ciências da Natureza e suas Tecnologias, enquanto que, no dia 27, de Linguagens, Códigos e suas Tecnologias, Redação e Matemática e suas Tecnologias. As provas têm início às 12h.

Com informações da Secretaria da Educação

INSS mandará carta para quem tem direito à revisão de benefício

O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) vai aumentar o valor dos benefícios de cerca de 491 mil segurados por incapacidade que ainda estão ativos. O reajuste ocorrerá a partir de janeiro de 2013. Entre 1999 e 2009 foram concedidos benefícios para 2,7 milhões de segurados. Além disso, 2,3 milhões de segurados, que já tiveram seus benefícios cessados, também receberão os atrasados referentes aos últimos cinco anos.

O Instituto informou, nesta segunda-feira (6), que os segurados não devem procurar as agências da Previdência Social para solicitar a revisão determinada pela justiça. Também não devem procurar o atendimento eletrônico do instituto, pois os procedimentos para aqueles que fazem juz à revisão serão automáticos.

De acordo com o órgão, a revisão é resultado de uma mudança no Decreto 3.048 de 1999, que alterou o regulamento da Previdência Social. Na época da concessão, o INSS considerou no cálculo dos benefícios os 20% menores salários de contribuição, o que reduziu o valor da renda mensal.

A estimativa é que a revisão tenha um impacto mensal de R$ 56 milhões. Por ano serão gastos R$ 728 milhões, considerando o pagamento do décimo terceiro salário. Já o pagamento dos atrasados será feito até 2022, com previsão de custo de R$ 7,7 bilhões

Os segurados que têm direito ao reajuste ou a valores atrasados receberão uma carta em suas residências informando a data e o valor a ser pago. O INSS ainda está estudando o prazo para o envio dessas cartas, que ocorrerá provavelmente a partir de janeiro de 2013.

Quem tem direito 

Os beneficiários que têm direito à revisão são aqueles cujos benefícios por incapacidade foram concedidos entre 1999 e 2009. É que, na época, o valor dos benefícios foi calculado levando em conta 100% dos salários de contribuição, quando o certo seria 80% dos maiores salários de contribuição, ou seja, foram considerados os 20% menores salários de contribuição.

Essa forma de calcular o valor do benefício prejudicou alguns segurados, principalmente aqueles que tinham menos de 144 contribuições de julho de 1994 à data da concessão do benefício.

Com informações do Portal Brasil

Começa atualização das divisas de mais 19 cidades baianas

Caetité sediou na terça-feira (1º) a reunião de apresentação do plano de atualização das divisas intermunicipais do Território de Identidade Sertão Produtivo, que inclui 19 cidades baianas. O encontro, na Casa Anísio Teixeira, marcou o início dos trabalhos que vão transcorrer nos próximos dois meses, incluindo etapa de campo, de processamento de dados e de elaboração do anteprojeto de lei que revisa as 67 divisas do território.

A ação é coordenada pela Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais da Bahia (SEI), autarquia da Secretaria do Planejamento (Seplan), cumprindo a lei nº 12.057, que determina a atualização dos limites dos 417 municípios baianos.

Este é o terceiro território de identidade trabalhado pela SEI, em parceria com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e com o apoio da Comissão Especial de Divisão Territorial e Emancipação da Assembleia Legislativa da Bahia, depois dos territórios de Vitória da Conquista (24 cidades) e Itapetinga (13 cidades). O Sertão Produtivo é contíguo ao de Vitória da Conquista. Para a reunião foram convidados ainda seis municípios limítrofes, somando 25 prefeituras envolvidas.

O diretor-geral da SEI, Geraldo Reis, apresentou o roteiro dos trabalhos de campo que serão executados pela equipe técnica da superintendência e do IBGE em quatro blocos: Dom Basílio, Ituaçu, Contendas do Sincorá, Tanhaçu e Brumado; Livramento de Nossa Senhora, Lagoa Real, Ibiassucê, Rio do Antônio, Malhada de Pedras e Caculé; Caetité, Guanambi, Candiba e Pindaí, e Iuiú, Sebastião Laranjeira, Palmas de Monte Alto e Urandi.

Os trabalhos de campo preveem a participação dos representantes das prefeituras envolvidas, que vão acompanhar as visitas e demarcações realizadas pela equipe SEI/IBGE e colaborar com a busca de soluções para as áreas em conflito.

“É importante ressaltar que essa é uma ação apartidária, isenta, pautada nos princípios da imparcialidade, do contraditório, do compromisso com a solução, do predomínio do interesse público. A lei aponta ainda a prevalência do pertencimento da população e dos limites administrativos”, disse Reis. Ele lembrou também o papel da SEI na iniciativa, que é a de “elaborar tecnicamente os anteprojetos de lei de cada território, que podem ser alterados por solicitação do Legislativo”.

O deputado João Bonfim, presidente da comissão da Assembleia Legislativa, destacou a origem da criação da nova lei. “Existiam conflitos de competência entre os órgãos, devido à ausência de uma legislação atualizada sobre as divisas entre os municípios. Em função disso, propus a criação da lei nº 12.057, aprovada em janeiro deste ano. Essa lei dá sustentação a essa ação da SEI e do Governo do Estado para resolver os conflitos sobre os limites”.

A lei dispõe sobre a atualização das divisas intermunicipais da Bahia, com revisões quinquenais. O artigo 3º determina que a redefinição dos polígonos e dos marcos divisórios entre os municípios terá como referência os limites administrativos atualmente praticados.

Ao recepcionar os representantes dos municípios do território, o prefeito de Caetité, José Barreiras, incentivou o bom andamento dos trabalhos da equipe SEI/IBGE. “De antemão, digo que não existirão disputas ou conflitos, pois vai prevalecer o interesse da população”.

Durante a reunião, Bonfim informou que já foi publicado no Diário Oficial do Estado o projeto de lei para o Território de Vitória da Conquista, que passa a tramitar na Assembleia Legislativa. Já o anteprojeto de lei para o Território de Itapetinga foi encaminhado pela SEI ao governador Jaques Wagner e à comissão para apreciação.

Com informações da SECOM