planserv Archive

Planserv convoca beneficiários para o recadastramento

Os beneficiários da Assistência à Saúde dos Servidores Públicos do Estado (Planserv) estão sendo convocados para a quarta etapa de recadastramento. A lista com a relação de órgãos e o nome dos servidores que precisam regularizar seus dados cadastrais estão disponíveis no site do plano (www.planserv.ba.gov.br), seção de recadastramento.

O beneficiário também pode consultar a sua situação cadastral através do call center da assistência, por meio do número 0800 56 6066, ou ainda pelos e-mails canal.beneficiario@planserv.ba.gov.br e recadastramento.beneficiario@planserv.ba.gov.br.

Durante o mês de outubro, o Planserv notificará os beneficiários via Diário Oficial do Estado (DOE), estabelecendo prazo de 30 dias úteis para que eles se recadastrem e não tenham suspensa a cobertura da assistência médica.

O recadastramento é um mecanismo de controle que permite o Planserv identificar e coibir o uso indevido da assistência, preservando o patrimônio do servidor público.

Com informações da Saeb

Planserv centraliza recebimento de documentos dos beneficiários na Rede SAC

Com essa medida, os Correios deixam de ser a porta de saída para o envio de correspondências ao plano.

A partir de 1º de setembro, a Assistência à Saúde dos Servidores Públicos do Estado da Bahia (Planserv) vai centralizar o recebimento de toda e qualquer documentação enviada pelos seus beneficiários na Rede SAC, tanto na capital como no interior. Com essa medida, os Correios deixam de ser a porta de saída para o envio de correspondências ao plano.

Esta medida tem o objetivo de garantir a conferência presencial dos documentos entregues nos postos SAC, além de reduzir os transtornos causados ao próprio beneficiário que deixa de anexar ou preencher documentos de forma correta.

“Recepcionamos constantemente correspondências com pendências de toda ordem. Agora vamos nos antecipar às inconsistências e acelerar o retorno às solicitações de nossos beneficiários”, explica o coordenador de Relacionamento com Beneficiários do Planserv, Vitório Tibiriçá.

A solicitação de serviços, como inclusões de beneficiários, correção de dados, mudança de acomodação ou de qualquer outra movimentação cadastral, só poderá ser feita em um posto Planserv da Rede SAC. No município que não houver unidade do SAC, o beneficiário deve se dirigir ao posto mais próximo de sua região.

A mudança é válida para todos os servidores lotados nos órgãos do Poder Executivo, com exceção daqueles que integram os órgãos dos outros poderes, cujo fluxo de movimentação cadastral já acontece de forma diferenciada.

Com informações do Secom

Planserv convoca servidores de sessenta órgãos para o recadastramento

O Planserv – Assistência à Saúde dos Servidores Públicos Estaduais convoca servidores de 60 órgãos para o recadastramento, a exemplo de Derba, Detran, Ebal, Seagri, Sefaz, Seap, SSP, Tribunal de Justiça e Uneb. A chamada é para que eles compareçam aos postos Planserv nos SAC’s e cumpram as exigências para o recadastramento, evitando a sua futura exclusão da assistência e de seus demais dependentes.

A relação com o nome dos servidores que deve se recadastrar está disponível no site do órgão (www.planserv.ba.gov.br), clicando-se no banner com o título “recadastramento” que aparece na página principal. De acordo com Jaden Góes, coordenador de Recadastramento do Planserv, a convocação é direcionada aos beneficiários que não cumpriram nenhuma das duas exigências do recadastramento, o preenchimento do Formulário Eletrônico de Recadastramento, o FER, e a entrega da documentação solicitada.

Esta é a quarta e última etapa do recadastramento, que abrange ao todo 81 órgãos do Estado. O objetivo é validar as informações prestadas pelos titulares, para garantir assistência à saúde aos beneficiários que realmente têm direito ao plano. Nas três primeiras etapas foram excluídas pouco mais de 26 mil pessoas por falta de comprovação de vínculo com o Planserv. A exclusão dos titulares e do grupo familiar é uma medida extrema prevista no item 6.1 do edital de notificação do recadastramento.

A coordenadora geral do Planserv, Sônia Carvalho, enfatiza a importância da atualização dos dados cadastrais. “Além de conhecer melhor nossos beneficiários, precisamos conferir se apenas os que têm direito estão usufruindo os benefícios do Planserv.”

Com informações do Planserv

Planserv orienta beneficiários sobre como utilizar o call center

Através do 0800 56 6066, o beneficiário pode também fazer registros para a Ouvidoria do Planserv. Veja outros contatos

O Planserv – Assistência à Saúde dos Servidores Públicos do Estado da Bahia – orienta os seus beneficiários a utilizarem corretamente o seu call center, através do qual é possível esclarecer dúvidas sobre atendimento (onde encontrar prestadores de determinadas especialidades, por exemplo), solicitar informações (inclusão, exclusão, carências, entre outras) e informar-se sobre seus direitos e deveres.

A coordenadora-geral do Planserv, Sônia Carvalho, explica que, através da central de atendimento telefônico do órgão, o 0800 56 6066, o beneficiário pode também fazer registros para a Ouvidoria, encaminhando sugestões, denúncias, reclamações, elogios e críticas referentes aos serviços prestados pelas unidades da rede referenciada ou pelo próprio Planserv. “Basta que, ao ser atendido pelo call center, o beneficiário diga à atendente que deseja fazer um registro para a Ouvidoria. A ligação será imediatamente transferida para outro atendente que anotará e encaminhará ao setor o que ele disser”.

Além do call center, a coordenadora-geral lembra que existem ainda outros canais de comunicação com o Planserv. Um deles é o site do órgão, o www.planserv.ba.gov.br. Ao acessar o endereço eletrônico, basta que se clique no link Fale Conosco e depois em Ouvidoria para fazer e enviar um registro. Outra opção é encaminhar um e-mail para ouvidoria.planserv1@planserv.ba.gov.br.

Ao entrar em contato com o Planserv pelo 0800, caso o interesse do beneficiário seja fazer um registro para a Ouvidoria, ele deve se certificar se, de fato, está utilizando este canal de comunicação. Há casos, por exemplo, em que o usuário telefona para o call center e, por equívoco, acredita que fez um registro para a Ouvidoria. Posteriormente, ao entrar em contato com o órgão novamente, cobra o posicionamento ou até mesmo faz um registro para a Ouvidoria como se o setor já houvesse tratado do assunto.

Com informações do Planserv

Planserv inova e cria novo Guia de Rede Credenciada

O site do Planserv conta agora com um novo Guia de Rede Credenciada, por meio do qual o beneficiário encontra informações sobre as unidades que atendem pelo plano. Com a modernização da ferramenta, a busca por especialidades e procedimentos se tornou amplamente detalhada e precisa. É possível localizar facilmente, por exemplo, o endereço, o mapa e o telefone das unidades credenciadas.

O novo Guia pode ser acessado na página principal do site, clicando no ícone Rede Credenciada, que aparece no topo da página, ou no módulo Beneficiário, pelo ícone de mesmo nome, que aparece no menu principal.

Caso, por exemplo, o objetivo do usuário for encontrar informações sobre a rede credenciada em dermatologia no município de Vitória da Conquista, basta que ele marque a especialidade Dermatologia e selecione o município Vitória da Conquista, nos campos específicos. Depois é só clicar na opção Exibir para visualizar a lista das unidades credenciadas, incluindo endereços, mapas e telefones.

De acordo com o coordenador de Relacionamento com Prestadores do Planserv, Robério Prates, o objetivo do novo Guia é otimizar a procura por informações das unidades credenciadas para os 470 mil beneficiários do plano. Ele cita como uma das inovações a criação de mais opções de busca por tipo de atendimento. “Pode-se pesquisar por consulta, emergência, exames e procedimentos, hospital dia, internação, maternidade, programa de endocrinopatia, programa de pediatria e UPA”, exemplifica.

Pesquisa

A nova ferramenta conta com um tipo de pesquisa inteligente. Uma vez que o beneficiário escolhe o tipo de atendimento de seu interesse, o sistema estabelece um filtro para a escolha do município. Dessa forma, só fica disponível para consulta o município que oferece a especialidade.

Outro detalhe interessante é que agora o beneficiário terá a opção de imprimir a página consultada, com as informações sobre os prestadores. É importante lembrar que, ao alterar os parâmetros de sua pesquisa, o usuário deve clicar novamente no botão Exibir, a fim de que o site atualize as informações solicitadas.

A coordenadora-geral do Planserv, Sônia Carvalho, afirma que o novo Guia de Rede Credenciada é uma das ações de modernização do site esperada para este ano. “O nosso trabalho não para por aí. Estamos aprimorando o site para oferecer o que há de melhor aos nossos beneficiários”.

Com informações da SECOM

Planserv abre edital para 15 vagas

O Planserv divulgou  edital para processo seletivo simplificado (REDA) para 15 vagas de cargos de nível superior. As inscrições serão realizadas no período de 09 a 16 de janeiro  exclusivamente via internet, no endereço eletrônico www.consultec.com.br. A prova objetiva está prevista para o dia 29 deste mês.

Confira o edital na íntegra

A remuneração é de R$ 4.990,78 para qualquer cargo: Auditor Médico (03 vagas), Auditor Enfermeiro (11 vagas) e Auditor Financeiro (01 vagas). Para as vagas oferecidas, é exigida formação acadêmica na área de atuação e registro no conselho profissional. A jornada de trabalho é de 30 horas semanais. O processo seletivo simplificado será realizado em duas etapas: Prova objetiva e Prova de Títulos.

Planserv amplia atendimento em urgência e emergência

Nos últimos quatro anos, o Planserv ampliou a rede de prestadores credenciados em urgência e emergência na Bahia. São mais de 300 unidades médicas, entre clínicas, prontos-socorros e hospitais, espalhadas por todo o Estado, das quais 52 em Salvador e Região Metropolitana. Com a ampliação da oferta, afirma a coordenadora-geral do Planserv, Sônia Carvalho, “atendemos importante e antiga reivindicação dos beneficiários”.

Do total de unidades credenciadas na capital e Região Metropolitana, duas são especializadas em cardiologia, 22 em ortopedia e traumatologia, duas em pediatria, duas em obstetrícia, duas em otorrinolaringologia e 22 em atendimentos gerais. E três novos hospitais passaram a englobar a rede: Evangélico, Aeroporto e da Bahia.

E não só a quantidade de prestadores tem sido ampliada. O número de atendimentos nessas unidades médicas vem apresentando significativo crescimento. De março a agosto deste ano, por exemplo, o Planserv realizou 157,8 mil atendimentos de urgência e emergência somente em Salvador, uma média de 26,3 mil atendimentos/mês.
Alta complexidade

Apesar da ampliação da rede, o beneficiário do Planserv, como de qualquer outra assistência à saúde, eventualmente enfrenta a superlotação das emergências dos grandes hospitais privados do país. Isso porque, mesmo nas situações mais simples, grande parcela dos pacientes recorre às unidades de alta complexidade.

“É importante não buscar atendimento em unidades de alta complexidade, como os grandes hospitais, quando se tratar de casos simples, pois isso cria uma grande demanda e pode prejudicar quem chega ao local precisando desse tipo de assistência. Escolhendo sua unidade de atendimento com critério, o beneficiário contribui para a melhoria do atendimento”, considera Sônia Carvalho.

Para orientar as pessoas na hora de procurar corretamente um serviço de urgência ou emergência, o Ministério da Saúde define como urgência a ocorrência imprevista de agravo à saúde com ou sem risco potencial de morte, cujo portador necessita de assistência médica imediata. Define como emergência a constatação médica de condições de agravo à saúde que impliquem risco iminente de morte ou sofrimento intenso, exigindo, portanto, tratamento médico imediato.

O usuário do Planserv pode acessar a lista completa com as unidades de urgência e emergência referenciadas no endereço eletrônico www.planserv.ba.gov.br. Dúvidas e mais informações sobre onde se dirigir em casos de emergência também no 0800 56 6066.

Com informações do Portal do Servidor

Beneficiários do Planserv podem obter cartão provisório também pela internet

A partir deste sábado (1°) os beneficiários do Planserv vão poder obter o cartão de identificação provisório pelo site do plano. O mesmo documento, que permite o acesso aos serviços de saúde, também poderá, a partir desta data, ser solicitado nos postos Planserv dos SACs Barra, Comércio, Iguatemi e Paralela.

De acordo com a coordenadora-geral do Planserv, Sônia Carvalho, a utilização da internet como mais uma opção para a impressão do cartão de identificação visa proporcionar agilidade e mais comodidade ao beneficiário. Depois de impresso, o documento pode ser plastificado. Quando solicitado nos SACs, será impresso em um tipo de papel que garante maior durabilidade. A plastificação também fica a critério do beneficiário.

Quem optar por imprimir o cartão pelo site, deve clicar na opção Beneficiários, na página principal, e, em seguida, em Cartão de Identificação. É preciso informar o número do benefício e a senha. Os cartões definitivos em PVC voltarão a ser fabricados em novembro, na sede do Planserv, em equipamentos próprios, e serão distribuídos pelos Correios.

Com informações da SECOM

Boato congestiona atendimento no Planserv

Motivados por um boato, servidores estaduais têm feito filas nos postos do Planserv nos SACs para requerer formalmente que os descontos do plano sejam feitos com base no valor bruto da remuneração, excluídas as parcelas a título de ajuda de custo.

Na verdade, as parcelas de ajuda de custo constantes no contracheque, assim como diárias, auxílios e abonos pecuniários, adicional de férias, gratificação natalina (13º) e aquelas de caráter indenizatório nunca entraram e não entram no cálculo da contribuição.

Induzidos por uma informação errada, estes servidores estão gastando tempo e dinheiro para exigir algo que já é feito e pode ser conferido por eles mesmos no próprio contracheque.

O desconto  é feito, como sempre foi, com base na Lei 9.528/2005, que é seguida rigorosamente, conforme transcrição abaixo:

Art. 12 Considera-se base de cálculo para fins de contribuição:

I – para os beneficiários titulares:
a) servidores ativos civis ou militares e empregados ativos de empresas públicas e sociedades de economia mista do Estado, o valor bruto da remuneração integral do mês, excluídas as parcelas a título de ajuda de custo, diárias, auxílios e abonos pecuniários, adicional de férias, gratificação natalina e aquelas de caráter indenizatório; (grifo nosso).
Em caso de dúvida os servidores podem enviar e-mail para tireduvidas@planserv.ba.gov.br ou ligar para 0800 566066.

 

Contracheque do servidor trará novas informações

Com a implementação da Lei 12.351, que estabelece novos valores de contribuição por faixa de remuneração e institui fatores moderadores anuais para consultas, exames e procedimentos médicos do Planserv, o contracheque dos servidores beneficiários do plano trará novas informações sobre descontos.

O valor da contribuição do companheiro ou cônjuge de titular do plano, por exemplo, aparece agora separadamente dos demais dependentes (filhos e enteados). De acordo com as novas regras, a contribuição do cônjuge é de 40% sobre o valor da contribuição do titular.

Mesmo antes de receber o contracheque emitido pelo órgão em que possui vínculo, cuja visualização também está disponível on line, o beneficiário poderá verificar o valor global da contribuição clicando aqui.

Exemplos

Um servidor com renda bruta entre R$ 850,01 e R$ 950, por exemplo, continuará contribuindo com R$ 78, como titular, e R$ 17,16, por cada dependente filho ou enteado. Pelo companheiro ou cônjuge, a contribuição passa para R$ 31,20. Se tiver agregados, não haverá mudanças, pois a tabela não sofreu reajuste.

O valor da contribuição do titular só aumenta para os servidores com renda bruta a partir de R$ 3.250,01. Foram criadas oito novas faixas de contribuição, a maior delas de R$ 360,10. A coordenadora geral do Planserv, Sônia Carvalho, destaca que antes não havia aumento da contribuição do Planserv para os servidores acima da faixa de R$ 3.250,01 – a maior contribuição era de R$ 290.

Um servidor com renda bruta entre R$ 4.250,01 a R$ 5.250 antes contribuía com R$ 290, como titular, e R$ 63,80, por cada dependente. Dentro dessa mesma faixa, a contribuição agora é de R$ 305,50, o titular, R$ 122,20, o companheiro ou cônjuge, e R$ 67,21, o dependente filho ou enteado.

Renda bruta

É preciso lembrar que a contribuição para o Planserv é feita pela renda bruta. Servidores com mais de um vínculo e com renda situada nas novas faixas de contribuição passarão a contribuir para o Planserv nos dois cadastros.

Um servidor com renda bruta de R$ 5.500, por exemplo, que receba R$ 3.300 em um cadastro e R$ 2.200 no outro, antes contribuía apenas sobre R$ 3.300, porque o teto era R$ 3.250,01. A contribuição agora terá como base a soma de sua renda bruta, ou seja, de cada um dos cadastros. E o desconto aparecerá apenas em um dos contracheques.

Plano especial

Quem optou por plano especial (acomodação em quarto individual) passa a pagar R$ 45, pelo titular, dependente e agregado. O valor de R$ 35 não sofria reajuste desde 2005. Todas essas mudanças já poderão ser notadas no contracheque de setembro.

Fonte: Planserv