ouvidoria Archive

Ouvidoria da Câmara de Vereadores de Salvador implanta sistema TAG

Para a ouvidora-geral, vereadora Aladilce Souza,  o TAG vai trazer agilidade no acompanhamento das demandas na Ouvidoria do legislativo municipal. Leia mais

Treinamento foi realizado de 10 a 18 de novembro  | Foto: Assessoria da Ouvidoria da Câmara

Treinamento foi realizado de 10 a 18 de novembro | Foto: Assessoria da Ouvidoria da Câmara

A Ouvidoria da Câmara Municipal de Salvador implanta em novembro o Sistema de Ouvidoria e Gestão Pública (TAG) a fim de modernizar a gestão das informações relativas ao atendimento ao cidadão. De 10 a 18 de novembro a equipe técnica do órgão recebeu capacitação para usar a ferramenta com a técnica da Coordenação das Ouvidorias Especializadas e Projetos da Ouvidoria Geral do Estado (OGE), Fátima Yasin.

Para a ouvidora-geral, vereadora Aladilce Souza (PCdoB), o TAG vai trazer agilidade no acompanhamento das demandas na Ouvidoria. “O Sistema de Ouvidoria e Gestão Pública (TAG) é muito eficiente no acompanhamento dos processos gerados pelas demandas do cidadão, possibilitando também a articulação com outras Ouvidorias e o trabalho em rede”, destaca a vereadora.

cm2

Parceria entre os órgãos irá facilitar o atendimento ao cidadão | Foto: Assessoria da Ouvidoria da Câmara

Com o TAG, a perspectiva é melhorar a articulação com a Rede de Ouvidorias Municipais e Estaduais e agilizar o atendimento ao cidadão, além de encontrar novas alternativas para aperfeiçoar os serviços prestados pelo órgão.

Com a implantação do novo sistema, o órgão terá mais conhecimento das necessidades da cidade e poderá responder melhor à população. O cidadão também poderá utilizar o sistema, registrando sua manifestação e monitorando a tramitação de sua solicitação. Além disso, serão gerados relatórios com estatísticas sobre as demandas, o perfil dos cidadãos, e os bairros e órgãos onde se concentram os problemas apontados.

Para o ouvidor-geral da OGE, Jones Carvalho, com o TAG as ouvidorias passam a contar com um moderno sistema para o atendimento ao cidadão, além do gerenciamento da informação de forma segura e eficiente. “O sistema é uma importante ferramenta para a gestão pública, uma vez que permite aos gestores terem um raio-x detalhado da administração pública”, ressalta.

Referência nacional
O TAG é um software de registro e gerenciamento dos atendimentos da Ouvidoria, desenvolvido pelo servidor da OGE, Nelson Marinho, e fornece indicadores para avaliar a qualidade dos serviços públicos prestados. TAG significa Tomás Antônio Gonzaga, um dos mais célebres ouvidores do Brasil. O sistema já é utilizado por 34 Ouvidorias parceiras da OGE na Bahia, entre prefeituras e câmaras municipais, 20 ouvidorias parceiras em outros estados e 167 Ouvidorias Especializadas de órgãos e secretarias estaduais.

O sistema foi cedido para a Câmara sem custos pela OGE, através de um Termo de Cooperação Técnica assinado em 2011 e renovado esse ano. Devido a dificuldades operacionais o sistema ficará hospedado provisoriamente na OGE para ser posteriormente transferido para a Câmara, com o suporte técnico da Assessoria de Informática.

Com informações da ASCOM da Ouvidoria da Câmara de Vereadores de Salvador

CTB – Companhia de Transportes do Estado da Bahia

Ouvidor Titular
Raimundo Mattos Filgueiras

Ouvidora Adjunta
Silvia Lopes de Lima

Telefone:  (71) 3612-1247/1243
E-mail: ouvidoria.ctb@ctb.ba.gov.br

SAC Móvel divulga roteiro de atendimento no mês de novembro

Cidadão contará com os serviços da Ouvidoria Geral do Estado nas carretas do SAC Móvel. Confira o calendário de visitas.

População contará com serviços gratuitos | Crédito: Adenilson Nunes/GovBA

População contará com serviços gratuitos | Crédito: Adenilson Nunes/GovBA

As três unidades móveis da Rede SAC atendem em Salvador e região metropolitana durante o mês de novembro. A partir desta terça-feira (11), a unidade da Rota 1 estará no bairro de Plataforma, no Subúrbio Ferroviário, na capital baiana, onde permanece até o dia 20 próximo. Diversos serviços vão ser prestados como emissão da carteira de identidade (RG), certidão negativa de antecedentes criminais e CPF, além de atendimento da Previdência Estadual e da Ouvidoria Geral do Estado (OGE). O atendimento ocorre de segunda a sexta-feira, das 8 às 18h, no estacionamento do Bompreço da Avenida Suburbana.

Já a unidade da Rota 2 vai auxiliar exclusivamente na emissão da carteira de identidade do SAC Comércio, que está passando por reformas. O atendimento acontece até o dia 28 de novembro, de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 16h. A unidade está localizada na Escola Profissionalizante Landulpho Alves (CEEP-BA), na Avenida Engenheiro Oscar Pontes, 220, bairro da Calçada. Todas as carteiras de identidades emitidas pela carreta da Rota 2 vão ser entregues na unidade da Ouvidoria da Polícia Militar situada no SAC Comércio.

A unidade da Rota 3 atende em Dias D’Ávila até o dia 20 deste mês. O atendimento também acontece de segunda a sexta-feira, das 8 às 15h, na Praça do Rio Imbassaí, próxima ao Batalhão da Polícia Militar. Na carreta são emitidas carteira de identidade, certidão negativa de antecedentes criminais e CPF, e também prestados serviços da Previdência Estadual e da OGE.

Para mais informações sobre as rotas do SAC Móvel e horários de atendimento, a Secretaria da Administração do Estado da Bahia (Saeb) disponibiliza o site e os números 0800 071 5353 (telefone fixo) e 4020 5353 (telefone móvel).

Com informações da Saeb

Solicitação de serviços da Embasa estará temporariamente indisponível entre 6 e 9 de novembro

Para possibilitar manutenção no ambiente onde estão instalados os seus computadores centrais, a Embasa informa que a solicitação de serviços por meio das lojas de atendimento e call center (0800 0555 195) estará disponível apenas para emergências entre os dias 6 e 9 de novembro (quinta-feira a domingo). O atendimento por meio da internet também estará suspenso, já que o site da Embasa ficará fora do ar durante o período. A empresa informa que os sistemas de informação retornarão na segunda-feira (10).

Ouvidoria Geral participa da campanha Outubro Rosa

Foto: Reinaldo Oliveira/OGE

Fotos: Reinaldo Oliveira/OGE

Durante o mês de outubro, ações em todo o país conscientizam mulheres sobre a importância do diagnóstico precoce. Os servidores da Ouvidoria Geral do Estado da Bahia aderiram à campanha em alusão à passagem do Outubro Rosa, mês da campanha de prevenção ao câncer de mama.

o2

O movimento popular Outubro Rosa é internacional. Em qualquer lugar do mundo, a cor rosa é compreendida como a união dos povos pela saúde feminina. O rosa simboliza alerta às mulheres para que façam o autoexame e, a partir dos 50 anos, a mamografia, diminuindo os riscos que aparecem nesta faixa.

03

Inscrições abertas para a Ciranda Nacional de Ouvidorias

ciranda-nacionalEstão abertas as inscrições para a Ciranda Nacional de Ouvidorias, iniciativa da Ouvidoria-Geral da União (OGU) com o objetivo de estimular e difundir o debate, além da formulação de políticas voltadas às ouvidorias públicas. O evento ocorrerá nos dias 6 e 7 de novembro, no auditório do edifício sede da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) , em Brasília-DF.

Em 2014, foram realizadas quatro cirandas regionais nos estados de Sergipe, Espírito Santo, Paraná e Pará. Promovidos pela OGU e unidades regionais da CGU, com o apoio de parceiros estaduais, os eventos contaram com expressiva participação de servidores de ouvidorias públicas e de órgãos de controle interno.

Essa edição da Ciranda Nacional tem como pontos principais o debate sobre as instruções e diretrizes para o Sistema de Ouvidorias do Poder Executivo Federal, bem como as apresentações do portal ouvidorias.gov e do novo sistema eletrônico que será disponibilizado às ouvidorias para a gestão das manifestações.

SAC Educação completa cinco anos de funcionamento

O objetivo é prestar atendimento de qualidade aos servidores que podem tratar de assuntos relacionados à sua vida funcional.

O SAC Educação possui 100% de comentários positivos quanto ao funcionamento | Foto: Mateus Pereira/GOVBA

O SAC Educação possui 100% de comentários positivos quanto ao funcionamento | Foto: Mateus Pereira/GOVBA

Comemorado em 15 de outubro, o Dia do Professor foi o marco inicial para a criação do SAC Educação. Inaugurado em 2009, o serviço pioneiro, desenvolvido pela Secretaria da Educação do Estado da Bahia, com sedes em Salvador e Feira de Santana, completa cinco anos ultrapassando a marca de 224 mil atendimentos distribuídos em 120 serviços. O projeto, que é uma parceria com a Secretaria da Administração do Estado (Saeb), tem o objetivo de prestar atendimento de qualidade aos servidores que podem tratar de assuntos relacionados à sua vida funcional.

“Nossa grande satisfação é perceber a aprovação do sistema. Hoje os servidores têm ao seu dispor serviços essenciais em apenas um local e com mais agilidade”, destaca a superintendente de Recursos Humanos da Educação (Sudepe), Ana Catapano. Com a implementação dos serviços do SAC Educação, o tempo de tramitação dos processos foi otimizado. “Os funcionários da secretaria ficam apenas responsáveis pela análise. O atendimento é feito no SAC, o que agiliza todo o processo”, explica a superintendente.

A professora Regina Lúcia, do Colégio Estadual Roberto Santos, em Castelo Branco, fala das vantagens do serviço. “Os funcionários são muito atenciosos e preparados. Quando precisei dar entrada na aposentadoria, foram esclarecidas todas as minhas dúvidas e o processo foi ágil”.

Para a professora Thelma Jussara, do Colégio Estadual Getúlio Vargas, após a criação do SAC, ficou mais fácil acessar os serviços. “Antes tínhamos que ir às Diretorias Regionais de Educação (Direc) ou à sede da Secretaria da Educação sem saber se o caminho estava correto. Agora sabemos que está tudo concentrado em um local”.

Ouvidoria
Segundo dados levantados pela Ouvidoria da secretaria, o SAC Educação possui 100% de comentários positivos quanto ao funcionamento. Do total de registros que elogiam os colaboradores, 62% são para o serviço prestado pelo SAC Educação.

“Também instalamos a sede da Ouvidoria no SAC para disponibilizar mais essa ferramenta democrática a serviço do professor”, disse o coordenador da Ouvidoria da Educação, João Francisco.

Com informações da Secom

Encontro Estadual debate Lei de Acesso à Informação em Camaçari

O Encontro reuniu ouvidores de órgãos públicos das três esferas de poder para avaliar a aplicação da LAI na Bahia e no Brasil. Leia mais

Encontro reuniu ouvidores no debate sobre a LAI | Fotos: Nelinho Oliveira/AscomPMC

Encontro reuniu ouvidores no debate sobre a LAI | Fotos: Nelinho Oliveira/AscomPMC

O debate sobre a Lei de Acesso à Informação esteve em pauta durante o Encontro Estadual de Ouvidores, realizado nesta sexta-feira (19), na Cidade do Saber, em Camaçari. O Encontro reuniu ouvidores de órgãos públicos das três esferas de poder para avaliar a aplicação da LAI na Bahia e no Brasil.

Na avaliação do ouvidor-geral do Estado da Bahia, Jones Carvalho, a LAI é um dos mecanismos de consolidação da democracia e ampliou o controle social da administração pública, além de ser uma importante ferramenta de combate à corrupção.

Ouvidor-geral do Estado da Bahia apresentou balanço da LAI no executivo estadual | Foto: Nelinho Oliveira

Ouvidor-geral do Estado da Bahia apresentou balanço da LAI no executivo estadual | Foto: Nelinho Oliveira

Para Carvalho, o principal desafio para aplicação da LAI diz respeito a mudança na cultura dos servidores e dos órgãos públicos. “Precisamos entender a transparência deve ser a regra do Estado e não a exceção. O acesso as informações públicas é um direito do cidadão”, pontuou.

O ouvidor adjunto da Ouvidoria Geral da União, Gilberto Waller Júnior, foi um dos palestrantes do Encontro | Foto: Nelinho Oliveira/PMC

O ouvidor adjunto da Ouvidoria Geral da União, Gilberto Waller Júnior, foi um dos palestrantes do Encontro | Foto: Nelinho Oliveira/PMC

Em sua apresentação, o ouvidor-adjunto da União, Gilberto Waller fez um balanço dos dois anos da Lei de Acesso à Informação no Brasil, destacando as ações do governo federal para potencializar a transparência ativa e passiva. De acordo com Waller, nos dois primeiros anos, o Governo Federal recebeu 175.840 pedidos de informação e respondeu a 97,6%, sendo o tempo médio de resposta de 13 dias.

Prefeito de Camaçari destacou importância do ouvidor para a gestão pública | Foto: Nelinho Oliveira/PMC

Prefeito de Camaçari destacou importância do ouvidor para a gestão pública | Foto: Nelinho Oliveira/PMC

Já o prefeito de Camaçari, Ademar Delgado, defendeu que os gestores públicos precisam buscar a eficiência da aplicação dos recursos públicos, primando pela transparência e participação popular na administração. “A Ouvidoria é um importante canal de diálogo com a sociedade. Mais importante do que ouvir, é responder e orientar os cidadãos com informações claras e verdadeira”, frisou.

Claudia Corrêa, coordenadora técnica da Ouvidoria da Câmara Municipal do Salvador, apresentou a experiência da Ouvidoria da CMS na aplicação da LAI, como a criação de canais de contato com o cidadão, espaço para solicitação de informações e o Portal Transparência, que disponibiliza informações administrativas, financeiras e atividades dos vereadores da capital baiana.

Procuradores do MPC falam de Controle Social e Terceirização na Administração Pública

ouvidoriatce

O Tribunal de Contas do Estado da Bahia promove no dia 16 de setembro, mais uma videoconferência direcionada a gestores públicos, organizações não governamentais, sociedade civil organizada e cidadãos, dentre outros interessados. Desta vez, os procuradores Danilo Ferreira Andrade e Antônio Tarciso Souza de Carvalho, do Ministério Público de Contas, falarão, no turno matutino (8h30 às 12h), sobre os temas Controle Social e Transparência na Administração Pública.

No turno vespertino (14h às 18h), as apresentações ficarão a cargo das procuradoras do MPC Camila Luz de Oliveira e Érika Oliveira de Almeida, que discorrerão sobre o tema Terceirização na Administração Pública  Aspectos Gerais e Responsabilidade do Estado. Acesse aqui e faça a sua inscrição.

As apresentações serão transmitidas da sede do Instituto Anísio Teixeira, na Paralela, para as Diretorias Regionais de Educação (Direcs) de 32 municípios do Estado. As videoconferências são fruto de parceria entre o Tribunal de Contas, a Secretaria da Educação e o IAT e têm o propósito de promover a orientação pedagógica de caráter preventivo.

Confira a programação

– MANHÃ:

“Controle Social da Gestão Pública: Importância, Obstáculos e Mecanismos de Interação com o Controle Institucional” – Procurador de Contas Danilo Ferreira Andrade
“Transparência na Gestão Pública: Aspectos Relevantes da Lei de Acesso à Informação e da Lei dos Portais da Transparência” – Procuradora de Contas Érika Oliveira de Almeida

– TARDE:
“Aspectos Gerais da Terceirização na Administração Pública” – Procuradora de Contas Camila Luz de Oliveira
“Responsabilidade Subsidiária Trabalhista do Estado” – Procurador de Contas Antônio Tarciso Souza de Carvalho

Com informações da Ascom/TCE

Ouvidoria Geral do Estado terá atendimento 24 horas durante a Copa do Mundo

O atendimento por telefone será trilíngue – em português, inglês e espanhol – disponível pelo 0800 284 0011, 24 horas por dia.

Durante a Copa do Mundo Fifa Brasil 2014, os cidadãos contarão com plantão especial de funcionamento da Ouvidoria Geral do Estado da Bahia (OGE). O atendimento por telefone será trilíngue – em português, inglês e espanhol – disponível pelo 0800 284 0011, 24 horas por dia. Outros canais de contato são o site da OGE (www.ouvidoriageral.ba.gov.br) e os balcões de atendimento coordenados pelo SAC.
Na Central de Atendimento da Ouvidoria Geral, que funcionará de forma integrada ao Disque Bahia Turismo, os cidadãos poderão registrar reclamações, sugestões, denúncias, elogios ou solicitar informações sobre a Copa do Mundo ou sobre a prestação dos serviços públicos. Durante o Mundial de Futebol da Fifa, o 0800-284-0011 receberá ligações de telefones fixo e móveis, gratuitamente.

Nos dias de jogos na Arena Fonte Nova, a Ouvidoria da Secopa fará pesquisa de satisfação com os torcedores sobre questões relacionadas a organização do evento e a prestação de serviços públicos.

De acordo com o ouvidor-geral do Estado da Bahia, Jones Carvalho, o governo estadual elaborou um plano de ação integrado para atendimento aos baianos e aos turistas. “A Copa terá um forte impacto na vida dos cidadãos, por tanto é preciso desenvolvermos ações integradas para atendê-los durantes os megaeventos esportivos. Vamos atuar para garantir a cidadania, potencializar o diálogo com os torcedores e prestar orientações. Durante a Copa, o nosso foco será o cidadão”, pontua Carvalho.

Atendimento presencial
Nos balcões de atendimentos serão ofertados orientações em caso de perda do documentos, informações turísticas sobre Salvador e sobre a agenda dos jogos na cidade, além de agendar atendimento prioritário nos postos SAC da capital que funcionam por hora marcada.

Denominados Torcida SAC, os balcões de atendimento estão distribuídos em onze pontos de atendimento na capital e interior, com localização estratégica nos principais shoppings de Salvador (Barra, Salvador Shopping, Bela Vista e Iguatemi), no Pelourinho, no Aeroporto Internacional Deputado Luís Eduardo Magalhães e na Estação Rodoviária de Salvador. Também foram unidades instaladas na Praia do Forte, no Aeroporto de Porto Seguro e na Secretaria de Turismo do município e também na cidade de Santa Cruz Cabrália.