bahia Archive

Conferência em Salvador debaterá políticas de promoção da igualdade racial

conferencianovembronegro

A primeira Conferência Internacional sobre Políticas Afirmativas para a Promoção da Igualdade Racial será realizada nesta terça-feira (25), às 16h, no salão nobre da reitoria da Universidade Federal da Bahia (UFBA), no bairro do Canela, em Salvador. O objetivo é debater políticas públicas relacionadas e promover a troca de experiências entre Bahia-Brasil e Estados Unidos.

O evento terá a participação da ministra Luiza Bairros, da Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial da Presidência da República (Seppir/PR), do secretário estadual de Promoção da Igualdade Racial (Sepromi), Raimundo Nascimento, da presidente da Associação pelos Estudos da Diáspora Africana Mundial (ASWAD), Kim Butler, do reitor da UFBA, João Salles, e do ativista norte-americano, Joseph Beasley.

A atividade integra a programação da campanha Novembro Negro, promovida pelo Governo do Estado, por meio da Sepromi, em homenagem à memória e luta de Zumbi, líder do Quilombo dos Palmares e símbolo da luta contra a escravidão no Brasil.

Ações afirmativas
No dia 20 deste mês, Dia Nacional da Consciência Negra, foram publicados, no Diário Oficial do Estado, decretos de regulamentação do Estatuto da Igualdade Racial e de Combate à Intolerância Religiosa, instituído pela lei nº 13.182/2014. Entre eles, o que garante o percentual mínimo de 30% do quadro dos cargos em comissão e funções de confiança, além de concursos públicos e processos seletivos simplificados do Estado, para população negra.

Também foram publicados os decretos que regulamentam o Sistema Estadual de Promoção da Igualdade Racial e o Sistema de Financiamento das Políticas de Promoção da Igualdade Racial, e o acesso à terra de comunidades remanescentes de quilombos e de povos de terreiros de religiões afro-brasileiras, por meio de regularização fundiária, fortalecimento institucional e desenvolvimento sustentável.

Conferencistas
Dra. Kim D. Butler
É professora de História da Universidade Rutgers (EUA), no Departamento de Estudos Afros, e presidente da ASWAD. Atualmente está na Bahia para realizar pesquisas sobre os blocos afros. Também é autora do livro premiado Freedoms Given, Freedoms Won: Afro-Brazilians in Post Abolition São Paulo and Salvador [Liberdades Dadas, Liberdades Conquistadas: Afro-brasileiros em São Paulo e Salvador pós abolição], no qual destacou as atividades da Sociedade Protetora dos Desvalidos, a Ordem Terceira de Nossa Senhora do Rosário, os blocos carnavalescos e os terreiros de candomblé. Tem quase 30 anos de convivência com os movimentos negros brasileiros, participando do centenário de abolição, intercâmbios e outras atividades em prol da comunidade negra.

Ministra Luiza Bairros
Nasceu em Porto Alegre, Rio Grande do Sul, onde cursou a graduação em Administração Pública e Administração de Empresas, na Universidade Federal gaúcha. Participou ativamente das principais iniciativas do movimento negro na Bahia e no Brasil, sendo eleita, em 1991, como primeira coordenadora nacional do Movimento Negro Unificado (MNU), organização em que permaneceu até 1994. De agosto de 2008 a dezembro de 2010, foi titular da Secretaria de Promoção da Igualdade do Estado da Bahia, que tratava de políticas para mulheres e de igualdade racial, até ser desmembrada em 2011 para cuidar apenas de questões raciais. Em janeiro de 2011, assumiu o cargo de ministra da Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial da Presidência da República.

Com informações da Sepromi

Perguntas frequentes dos servidores estaduais

Por Augusto Dourado

1)   Gostaria de saber se existe alguma Lei ou Decreto que dê direito a folga de aniversário para os servidores públicos do Estado da Bahia?

Resposta: Em resposta à consulta, tenho a informar que no âmbito do Poder Executivo do Estado da Bahia, não existe Lei ou Decreto que trate do assunto.

O que ocorre em algumas situações é a negociação entre o chefe imediato do servidor para a liberação de expediente no dia do aniversário do funcionário subordinado, havendo a compensação de expediente, se for o caso. Não existe uma norma legal estabelecendo esse procedimento.

2) Fui contratada sob o regime REDA. Gostaria apenas de confirmar o período de gozo da licença maternidade quando a mesma for solicitada: será de 4 ou 6 meses?

 Resposta:  Os contratos pelo Regime Especial de Direito Administrativo – REDA, são para funções temporárias e recolhem a previdência para o INSS, onde está vinculado o benefício previdenciário da licença maternidade;

A licença maternidade para as ocupantes de função REDA, é de 120 (cento e vinte dias), ou seja, 4 (quatro) meses, de acordo com entendimento da douta Procuradoria Geral do Estado – PGE.

3) Um servidor estatutário colocado à disposição de outro órgão para exercer cargo comissionado e após a publicação da sua aposentadoria, o órgão manifesta desejo da manutenção do mesmo cargo comissionado após a aposentadoria.
Precisa ser exonerado e nomeado imediatamente do referido cargo?
Ou a nomeação anterior fica valendo, mesmo tendo saído a publicação do ato aposentador? O ajuste deverá ser tão somente no Sistema SIRH?

Resposta: No caso específico, a aposentadoria do servidor efetivo não exige a exoneração do cargo comissionado e o processo de uma nova nomeação;

Haverá sim a necessidade de alterar no sistema de Recursos Humanos – SIRH, a condição de servidor efetivo e passar a ser servidor  aposentado no órgão de origem e servidor temporário ocupante de cargo em comissão no órgão onde foi nomeado;

Os registros quanto a opção de remuneração deverão também ser ajustados no Sistema.

 4) Gostaria de saber se há alguma Lei que estabelece que um servidor com mais de 20 anos de serviço não é obrigado a trabalhar no horário noturno, finais de semana e feriados?

Resposta:  Dentre os deveres do servidor público estatutário, independente do tempo de serviço, é a assiduidade e pontualidade, inclusive comparecendo à repartição em horário extraordinário ou em horário definido pela Administração, com base nas suas atividades previstas na carreira ou cargo, quando convocado esse para esses horários;

Os horários extraordinário, além da jornada normal de trabalho e o  noturno que compreende a jornada das 22h às 5h, são remunerados com os acréscimos definidos em Lei.

Portanto, independente do tempo de serviço, o servidor poderá ser convocado para realização de serviços extraordinários e/ou em horário noturno, desde que haja necessidade e justificativa para realização desses serviços nos horários definidos, percebendo os adicionais remuneratórios legalmente previstos.

5) No período de licença maternidade a servidora deixa de receber o auxílio alimentação?

Resposta: O auxílio alimentação visa subsidiar as refeições do servidor com jornada de trabalho diária de 8 (oito) horas no período de exercício de suas atividades laborais. Os servidores afastados de licença e em gozo de férias, não devem receber o referido auxílio alimentação.

Portanto, no caso específico da servidora em licença maternidade, não é devido o auxilio alimentação, enquanto perdurar essa situação. 

6) Quero saber se servidor público pode também ser micro empreendedor pelo simples?

Resposta: Dentre as proibições estabelecidas no Estatuto do Servidor (Lei nº 6.677/94) estão as seguintes:

…………………………

“Art. 176 – Ao servidor é proibido:

………………………..

XI –      transacionar com o Estado, quando participar de gerência ou administração de empresa privada, de sociedade civil, ou exercer comércio;

…………………………..

XIX –    exercer quaisquer atividades que sejam incompatíveis com as atribuições do cargo ou função e com o horário de trabalho.”

Portanto, desde que não venha de encontro às proibições definidas em Lei, não há nenhum impedimento para que o servidor exerça uma atividade profissional privada, nos horários fora do expediente de trabalho no Estado.

Com informações do Portal do Servidor

Embasa participa do “Feirão Nome Limpo 2014″ que vai até sábado (29)

Desta segunda-feira até sábado (24 a 29), a Embasa participa do ‘Feirão Nome Limpo 2014′, promovido pela Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL), no Centro de Convenções da Bahia, das 8h às 18h. Durante o evento, a empresa oferecerá vantagens como condições especiais de parcelamento e negociação pelo valor histórico do débito, além da não cobrança da taxa de religação de água.

Para usuários com renda familiar menor ou igual a dois salários mínimos, haverá a possibilidade de negociação diferenciada, bastando que, para isso, apresentem a conta para análise dessas condições.

Com informações da Embasa

Micro e pequenas empresas terão apoio à inovação

As microempresas e as empresas de pequeno porte (MPEs) e os microempreendedores individuais (MEI) baianos do segmento de comércio e serviços serão incentivados a investir em inovação de produtos, processos e serviços. A iniciativa será possível devido ao edital 021/2014 da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Bahia (Fapesb).

O edital foi apresentado nessa quinta-feira (20), no auditório da Secretaria da Indústria, Comércio e Mineração (Sicm). O evento foi promovido pelo Fórum Regional Permanente das Microempresas e Empresas de Pequeno Porte.

Estiveram presentes Marcos Costa, Superintendente de Comércio e Serviços da Sicm; Wilson Andrade, coordenador privado do Comitê Temático de Tecnologia e Inovação do Fórum das MPEs; Leandro Barreto, coordenador público do mesmo comitê e representante da Secti; Lauro Ramos, Diretor de Operações do Sebrae; Roberto Paulo Lopes, Diretor Geral da Fapesb e Artur Brandão, Diretor de Inovação da Fapesb.

Segundo Marcos Costa, superintendente da Sicm, a iniciativa vai incrementar a competitividade das empresas. “É a primeira vez que o segmento de comércio e serviços tem acesso a esse tipo de benefício. Para nós é um orgulho tornar concreta mais uma iniciativa de apoio aos pequenos negócios do setor terciário. Destaque-se o ineditismo dessa iniciativa no país, com a esperança de que outras iniciativas semelhantes sejam empreendidas”, comemora.

“O objetivo deste edital é apoiar por meio de concessão de recursos não-reembolsáveis o desenvolvimento de inovações em produtos, processos e serviços”, explica Artur Brandão, diretor de Inovação da Fapesb.

Os interessados terão até às 17 horas do dia 6 de março do próximo ano para apresentar propostas que passarão por critérios de avaliação divididos em quatro dimensões: projeto, mercado (viabilidade econômica e comercial), inovação e proponente (infraestrutura, equipe e capacidade de execução do projeto.

É preciso prestar atenção em alguns pré-requisitos antes de enviar propostas. Como por exemplo: a empresa deverá estar classificada no CNAE como comércio e serviços e deve ter uma receita anual inferior a R$ 3,6 milhões. Após aprovado, o prazo para execução do projeto é de até 18 meses e os recursos serão liberados em duas parcelas.

Com informações da SICM

Serviços do site da Sefaz estão indisponíveis neste fim de semana

Comunicamos que, em virtude de uma intervenção que será realizada nos nossos servidores de banco de dados entre as 14h deste sábado (22) e as 2h do deste domingo (23) ocorrerá a indisponibilidade de alguns serviços da Sefaz, a exemplo de :

Emissão de DAE
Certidões Negativas

O site da Sefaz permanecerá acessível, mas alguns serviços disponibilizados estarão indisponíveis.

Educação Profissional: inscrições para o sorteio eletrônico são prorrogadas até o dia 20

A Secretaria da Educação do Estado da Bahia prorrogou, até  esta quinta-feira (20), as inscrições para o sorteio eletrônico dos cursos técnicos de nível médio, na forma de articulação subsequente, na Rede Estadual de Educação Profissional. Para o ano letivo de 2015, estão sendo ofertadas 13.395 vagas para os Centros Territoriais e Estaduais de Educação Profissional, e respectivos anexos, na capital e interior. Mais de 45 mil candidatos já estão inscritos para o sorteio.

Clique aqui para fazer a sua inscrição

A oferta contempla 68 Centros Territoriais e Estaduais de Educação Profissional, e 15 anexos, localizados em 69 municípios dos 27 Territórios de Identidade. Esta é mais uma ação da política pública de Educação Profissional da Bahia que visa a formação e qualificação profissional de jovens e trabalhadores para que atendam e se beneficiem do desenvolvimento socioeconômico e ambiental do Estado.

As vagas são destinadas a estudantes, jovens e trabalhadores, que concluíram o ensino médio, de forma gratuita, em estabelecimentos de ensino da rede pública de educação, no âmbito federal, estadual ou municipal. Também podem se inscrever aqueles que tenham, comprovadamente, cursado o ensino médio em instituição filantrópica, ou em instituição privada na condição de bolsista integral, e querem voltar para a escola para fazer um curso técnico.

Há vagas para 11 eixos tecnológicos e a oferta contempla 48 cursos técnicos de nível médio, dentre eles: Análises Clínicas, Administração, Agroindústria, Agricultura, Biotecnologia, Contabilidade, Documentação Musical, Desenho da Construção Civil, Enfermagem, Edificações, Eletromecânica, Eletroeletrônica, Informática, Nutrição e Dietética, Química, Logística, Segurança do Trabalho, Gerência em Saúde, Guia de Turismo, Meio Ambiente, Petroquímica, Serviços de Restaurante e Bar e Zootecnia.

Como fazer a inscrição
Ao acessar a página de inscrição no Portal da Educação, o candidato deve informar o número do CPF e fazer apenas uma opção de curso, indicando qual o Centro Territorial e/ou Centro Estadual de Educação Profissional que quer estudar. Também deve apontar o turno de sua preferência.

Sorteio Eletrônico
As vagas serão distribuídas por sorteio eletrônico, no dia 25 de novembro, às 15h, no auditório do Instituto Anísio Teixeira (IAT), localizado na Rua das Muriçocas, s/n, Paralela, em Salvador. O sorteio é aberto para acompanhamento de estudantes, pais, mães e professores e será transmitido por videoconferência e acompanhado por órgãos controladores do Estado, como o Ministério Público Estadual, Tribunal de Contas, Auditoria Geral do Estado, Conselho Estadual de Educação.

Matrícula
A matrícula para os contemplados no sorteio eletrônico ocorrerá de 09 a 11 de março de 2015. Os contemplados deverão se dirigir aos Centros Territoriais e Estaduais de Educação Profissional para os quais se inscreveram, no turno para o qual pleiteou a vaga. No ato da matrícula, devem ser apresentadas cópias e originais dos seguintes documentos: CPF, carteira de identidade, comprovante de residência e histórico escolar.

Só serão aceitos Atestados de Conclusão de cursos para os alunos concluintes do ensino médio no ano letivo de 2014. O início das aulas está programado para 16 de março de 2015, conforme calendário letivo da Secretaria da Educação do Estado da Bahia.

Todos os candidatos inscritos serão sorteados e classificados. Mas só serão convocados para matrícula, os classificados de acordo com o número de vagas ofertadas para cada centro. Os candidatos contemplados no sorteio eletrônico para os cursos no eixo tecnológico Produção Cultural e Design, ofertados pelo Centro Estadual de Educação Profissional em Artes e Design, em Salvador, passarão por um teste de habilidade específica. O teste, de caráter eliminatório, será aplicado no próprio Centro durante o período de matrícula. Os estudantes já deverão se dirigir ao Centro com os documentos necessários, pois se aprovados no teste de habilidade específica efetivarão a matricula imediatamente após o teste.

Com informações da Secretaria da Educação

Sefaz lança canal para verificar autenticidade do selo nos garrafões de água mineral

Caso encontre alguma irregularidade, o cidadão pode denunciar através do 0800 0710071. Conheça os outros canais para realizar as denúncias.

seloagua

Além das operações para fiscalização do cumprimento da obrigatoriedade da venda de garrafões de 20 litros de água mineral com o selo fiscal no lacre, iniciadas neste mês, a Secretaria da Fazenda da Bahia (Sefaz-Ba) adota outra medida importante para garantir a procedência do produto: um canal para que consumidores e comerciantes possam aferir a autenticidade do selo. Para isso, basta acessar o site e digitar o número de série do produto, informado em cada selo.

Caso encontre alguma irregularidade, o cidadão pode denunciar através do 0800 0710071 ou do 71 3118-1555 (ligações de celular da Região Metropolitana de Salvador). Existe ainda a opção de fazer a denúncia via WhatsApp, pelo 9990-0071, que fica disponível 24 horas, ou pelo próprio site da Sefaz-Ba.

A obrigatoriedade do selo fiscal foi criada como uma nova arma contra a sonegação fiscal no setor, além de ajudar no combate à concorrência desleal de envasadoras irregulares, já que dificulta a entrada clandestina de produtos no mercado. A medida é também uma forma de garantir ao consumidor a procedência da água que está sendo comprada.

Operação identifica 20 estabelecimentos irregulares

Na primeira semana da operação especial para verificar o cumprimento da obrigatoriedade, a Sefaz-Ba identificou 20 estabelecimentos irregulares, que estavam vendendo, ao todo, 3,3 mil garrafões sem o selo. O valor das multas chega a R$ 303,3 mil, contabilizando também as notificações aplicadas em três estabelecimentos que estavam vendendo o produto sem o documento fiscal. Para cada vasilhame sem o selo a penalidade é de R$ 90.

Nesta primeira etapa da operação, foram fiscalizadas 243 empresas, em 18 municípios baianos. Desse total, os fiscais não conseguiram localizar 40 estabelecimentos nos endereços indicados. Essas empresas serão consideradas inaptas e impedidas de efetuar vendas. A operação terá continuidade durante este mês.

Características do selo fiscal
Para ter a garantia da origem do produto, o consumidor baiano deverá estar atento também às características do selo fiscal, que tem as medidas de 20 x 40 mm; o nome SEFAZ-BA, em maiúsculas, na parte superior; o brasão do Estado da Bahia; e, logo abaixo, a expressão Selo Fiscal de Controle de Água Mineral.

Foram incluídos diversos elementos para atestar a originalidade do adesivo, como uma barra holográfica do lado esquerdo, tarja geométrica positiva e um fundo invisível que, em contato com a luz, mostra a inscrição ORIGINAL SEFAZ/BA – também em maiúsculas. Ainda como parte da estratégia para evitar a falsificação, o adesivo tem a inscrição da empresa envasadora do produto e a data de validade do selo.

Para que se possa identificar se a água é mineral ou adicionada de sais, do lado direito deve existir uma tarja verde com a palavra MINERAL (para a água mineral), ou uma azul, com a palavra ADICIONADA (para a água adicionada de sais). Para não haver distorção nas cores do selo, a Sefaz produziu ainda um guia com as orientações necessárias a um melhor controle dos padrões cromáticos.

Com informações da Sefaz

Wagner diz que é inadmissível qualquer tipo de discriminação ou intolerância na democracia

O Estatuto da Igualdade Racial é o assunto de destaque do programa de rádio Conversa com o Governador. Ouça na íntegra.

wagner

A luta contra o racismo é permanente | Foto: Manu Dias/Agecom

A assinatura da lei que regulamenta o Estatuto da Igualdade Racial é o assunto de destaque do programa de rádio Conversa com o Governador, desta terça-feira (18). “Qualquer tipo de discriminação, qualquer tipo de intolerância é inadmissível na democracia moderna, na democracia brasileira”. Segundo ele, o estatuto é bastante avançado em relação a tudo que existe no país. “Também vamos fazer a assinatura da titulação de comunidades quilombolas dentro [da programação] do Novembro Negro”, diz o governador Jaques Wagner.

O programa fala ainda sobre a entrega de ônibus e tratores no decorrer desta semana, beneficiando os municípios de Dom Basílio, Caturama, Aratuípe, Mascote e Tanque Novo. Também serão anunciados novos investimentos em Santa Luzia e Muniz Ferreira.

Sobre o Novembro Negro, Wagner diz que o preconceito ainda está presente. “Então, temos ações afirmativas e a secretaria [a criação da Secretaria da Promoção da Igualdade], desde o primeiro governo, foi fundamental. E depois a separação […], entre Secretaria de Política para as Mulheres e Secretaria de Promoção da Igualdade Racial. A gente vem realmente fortalecendo muitas ações”, afirma o governador. Segundo ele, a luta é permanente.

Biblioteca e mostra de cinema
O governador informa que está sendo inaugurada, no Centro de Referência Nelson Mandela, a biblioteca específica sobre a questão africana. Ele também fala sobre a mostra de cinema, na Biblioteca Central, com tema ‘Ancestralidade na África de Diáspora’, que será realizada a partir do dia 26 deste mês.

“Ao longo desses oito anos, fortalecemos o Conselho de Desenvolvimento da Comunidade Negra. Fizemos investimentos de aproximadamente R$ 10 milhões em editais e campanhas, ampliamos também o Fórum Estadual de Gestores Municipais de Promoção da Igualdade Racial, e ainda instituímos a política estadual das comunidades remanescentes de quilombos”, enumera o governador.

Visita aos municípios do interior
Wagner também diz, no programa, que esta semana vai visitar mais cinco municípios baianos, para a entrega de trator e ônibus escolar, e dois onde vai anunciar obras, aproximando-se da meta de visitar todos os municípios baianos na condição de governador. “A receptividade tem sido muito boa, e eu vou deixar o governo em 31 de dezembro, e digo sempre que a saudade vai permanecer, do contato com a população da capital e do interior”.

O programa ‘Conversa com o Governador’ é produzido pela Secretaria de Comunicação Social do Estado da Bahia (Secom), veiculado toda terça-feira, às 7h30, pela Rádio Educadora FM 107,5 MHz e reproduzido por vários veículos de comunicação. Está disponível no site e pelo telefone 0800-071-7328.

SineBahia passa a ter aplicativo para celular

appsinebahia

A Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre) lançou  o “App” do SineBahia, que traz como conteúdo informações importantes para o trabalhador do emprego formal, para o trabalhador autônomo e empresas diretamente no celular.

Aos usuários, o aplicativo oferece o menu principal dividido em seções dedicadas ao trabalhador, unidades do SineBahia, empresa e autônomo. No menu trabalhador, informações sobre oportunidades de emprego, disponibilizando link para acesso ao Portal MTE Mais Emprego, onde o interessado poderá fazer seu cadastro e ver vagas de emprego disponíveis, fazer habilitação ao seguro-desemprego para o emprego formal e também para o pescador artesanal. Disponibiliza, ainda, informações sobre o Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec).

No menu Unidades do SineBahia, traz endereço e todos os serviços disponíveis nas mais de 100 unidades presentes em vários municípios baianos.

Para as empresas, o aplicativo possibilita disponibilizar vagas, enviar requerimento de seguro-desemprego, declaração para o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), verificar currículo de trabalhador, além de enviar demanda por cursos de qualificação profissional. Para esses serviços, o APP direciona o interessado para o portal MTE Mais Emprego.

O aplicativo também contempla o trabalhador autônomo, oferecendo informações sobre o SineBahia-Patra, o programa de Microcrédito da Bahia (Credibahia) e o conteúdo do portal do empreendedor individual.

“Com este aplicativo, estamos fazendo uso de recursos tecnológicos disponíveis, levando o SineBahia para o bolso do trabalhador. Praticidade e conforto para o usuário são algumas das muitas vantagens do uso do APP SineBahia”, destaca o secretário do Trabalho, Nilton Vasconcelos.

O APP SineBahia foi desenvolvido em duas versões: Android e iPhone. Na versão para celulares Android, parte significativa do conteúdo do aplicativo está offline e não necessita de conexão com internet para acessar as informações, como unidades do SineBahia e CrediBahia, e dados sobre o seguro-desemprego.

O APP SineBahia foi desenvolvido pela Neolig, empresa de aplicativos de última geração. O APP para a versões Android e IOS já podem ser baixados gratuitamente. Na versão Android, pode ser acessado pela Play Store do Google. No IOS (Iphone), pode ser acessado pelo www.novoapliocativo/sinebahia.

Com informações da Setre

Bahia criou 36.212 novos postos entre janeiro e outubro de 2014

Enquanto o interior criou 28.716 novas vagas, a RMS criou 7.496 novos postos de trabalho com carteira assinada. Leia mais

De acordo com as informações do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), sistematizadas pela Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais da Bahia (SEI/Seplan), referentes ao mês de outubro de 2014, a Bahia contabilizou 36.212 novos postos de trabalho entre janeiro e outubro deste ano.

O destaque fica para a participação do interior, onde o número de novos postos de trabalho com carteira assinada é quase quatro vezes mais do que o verificado em Salvador e região metropolitana (RMS). Enquanto o interior criou 28.716 novas vagas, a RMS criou 7.496 novos postos de trabalho com carteira assinada.

Entre os municípios com mais de 30 mil habitantes, em outubro de 2014, Brumado, Alagoinhas e Dias D’Ávila se destacaram na criação de novas oportunidades de trabalho formal na Bahia. Em Brumado foram gerados 406 novos postos de trabalho, Alagoinhas registrou saldo positivo de 356 postos de trabalho e Dias D’Ávila, 177 postos.

No acumulado dos dez primeiros meses do ano, dos oito setores de atividade, cinco registraram saldos positivos. O setor com maior saldo acumulado foi Serviços (+24.341 postos), seguido pela agropecuária (+7.156 postos), comércio (+3.787 postos), indústria de transformação (+3.238 postos), administração pública (+769 postos).

Entre os setores que apresentaram saldos negativos, no acumulado do ano, estão construção civil (-2.440 postos), seguido pela extrativa mineral (-448 postos) e serviços industriais de utilidade pública (-191 postos).

Com informações da Secom