Bahia tem redução de 7,6% nos crimes contra a vida em 2013

dadossp

A Bahia apresentou redução de 7,6%, em 2013, no índice de Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLIs) em relação a 2012. Na Região Metropolitana de Salvador (RMS), o índice registrou diminuição de 12,7% também na comparação com o ano anterior. Os dados foram apresentados nesta quinta-feira (6) durante reunião do Comitê Executivo do Programa Pacto pela Vida, realizada na Assembleia Legislativa da Bahia.

Segundo o secretário de Comunicação Social e coordenador do Pacto pela Vida, Robinson Almeida, a redução supera a meta de 6% estabelecida pelo Governo do Estado para o ano passado. “Superamos a meta na Bahia e, na capital baiana, [a diminuição] do índice foi ainda maior, de 10,7%. Vamos continuar com o trabalho para reduzir ainda mais os Crimes Violentos Letais Intencionais em todo o estado. Para isso, vamos continuar reforçando as estruturas de segurança pública e ampliar as vagas no sistema prisional”.

Feira de Santana
Ainda conforme os dados apresentados no encontro, a Área Integrada de Segurança Pública (Aisp) de Feira de Santana teve a maior redução das ocorrências em número absoluto – 97 a menos. Já em Salvador, a Aisp da Boca do Rio (Costa Azul, Jardim Armação, Imbuí, Pituaçu e Stiep) apresentou diminuição de 50,8%, representando a área com maior redução em porcentagem. Essas Aisps ficaram em primeiro lugar no ranking de desempenho policial, concedido pelo Governo do Estado, se destacando como as que mais tiveram redução em número de homicídios.

O secretário estadual da Segurança Pública, Mauricio Barbosa, afirmou que os bons resultados continuam em 2014. Segundo ele, em janeiro, a capital baiana apresentou redução de 20% nos CVLI em comparação a 2013. “Estamos intensificando a segurança em Salvador e nos municípios. Nossa principal preocupação é interiorizar o Pacto pela Vida, buscando a excelência nas reduções dos índices. Teremos inauguração de novas bases este ano e aquisição de [mais] equipamentos”.

O procurador-geral adjunto do Ministério Público da Bahia, Geder Gomes, avaliou como positivos os dados apresentados pelo programa Pacto pela Vida. “Todos nós temos interesse na redução dos crimes, principalmente os homicídios. Por isso, o Ministério Público colabora com o governo estadual nas ações de segurança pública. O que está sendo demonstrado com a parceria do Estado e outras instituições é que o programa é exitoso, interessante, que não se preocupa apenas com a parte policial, mas social”.

Sistema prisional
Ainda durante a reunião do Comitê Executivo do Programa Pacto pela Vida foi apresentado o andamento das obras de reforma e construção de presídios, que vão dispor de mais 3.800 vagas. Segundo o diretor da Secretaria de Administração Penitenciária e Ressocialização (Seap), major PM Julio Cesar, as obras estão na fase de terraplanagem em três unidades de Salvador, duas em Vitória da Conquista e uma em Barreiras. O investimento em obras nas unidades prisionais é de R$ 150 milhões.

Com informações da Secom

Print Friendly

About the Author

Assessoria de Comunicação da Ouvidoria Geral. Siga-nos no Twitter: @ouvidoriageral e curta a nossa Fan Page no Facebook - http://www.facebook.com/ouvidoriageraldabahia